1 de novembro de 2013

ESPECTÁCULO NA TAPADA E DUELO DE ÚLTIMOS NO MINHO *

*António Henriques
Antecedendo três fins-de-semana de importantes jogos-teste da nossa principal selecção – com o campeonato ainda a prosseguir na próxima semana mas depois a ser interrompido por um mês, só regressando a 14 de Dezembro! – realizam-se amanhã os quatro jogos que compõem a 7.ª jornada da DH.


Numa ronda destinada a duelos entre equipas do mesmo grupo (folgam Belenenses e Académica), houve o cuidado, que mais uma vez se saúda, de fazer disputar à mesma hora as duas partidas do grupo A, únicas que se realizam em Lisboa. Não vão os interessados querer acompanhar os dois duelos e acabarem com um esgotamento e a desatar a fazer comparações… 

Eis o programa completo: 


CDUL-CDUP (EU Lisboa, 14.00) 

O CDUP foi a grande surpresa da época anterior, acedendo de pleno direito ao grupo A. 
Mas esta temporada a realidade é distinta, as coisas arrancaram de forma mais lenta e a equipa de Marcelo d’Orey tarda a atingir o nível de 2012/13, em que os portuenses inclusivamente vieram ao EU Lisboa em Novembro, derrotar o CDUL (16-14) após fantástica exibição.
Desta feita e depois do passo em falso dos universitários diante do Belenenses, o triunfo conseguido frente a Agronomia mostrou a resiliência de uma equipa recheada de valores como nenhuma outra em Portugal. 
E só para termos uma ideia das forças em confronto, registe-se que a última partida realizada por CDUL e CDUP foi exactamente contra o mesmo adversário. E se os nortenhos, em casa, foram sovados pelos agrónomos por 54-3, concedendo oito ensaios, no último sábado os comandados de Damien Steele, mesmo jogando um largo período com 13 jogadores, ganharam. 
Um ano depois achamos que a vingança vai servir-se fria… e em forma de cabaz. 


          
AGRONOMIA-DIREITO (Tapada, 14.00)

Aquele ritmo infernal colocado em campo na 1.ª parte do encontro com o CDUL pelos homens de Murray Cox foi do melhorzinho que se viu este ano em relvados nacionais e mereceria um resultado ao intervalo mais dilatado. 
Mas a 2.ª parte, mesmo em vantagem numérica, já foi penosa, em especial para a avançada da Tapada. 
Agora se os agrónomos conseguirem manter aquela cadência mais um pouco, as oposições vão ter que arranjar soluções não se sabe bem onde.
Claro que amanhã, do outro lado, estará o campeão nacional, a equipa mais fria, calculista e matreira do rugby português, especialista em congelar ânimos rivais e pautar jogo com irrepreensíveis pontapés tácticos graças à incrivelmente eficaz PME Malheiro & Pipoca Lda..
Se ambos os quinzes estiverem com boa disposição esta será uma das partidas mais interessantes que, em qualquer modalidade e neste fim-de-semana, se poderá acompanhar no nosso país. 
Marque lugar na Tapada, mas se for adepto dos advogados e sensível à dor, face ao que se viu sábado no EU Lisboa, eu cá só aparecia depois da meia-hora de jogo, período susceptível de causar algum sofrimento a incautos visitantes… 


CRAV-MONTEMOR (Coutada, 15.30)

A mais longa deslocação da época entre equipas da DH (replicada na 2.ª volta, mas aí em sentido norte-sul) antecede um duelo que habitualmente tinha lugar para divisões inferiores e que pela 1.ª vez se disputa numa prova destinada a gente graúda. 
Frente-a-frente, em Arcos de Valdevez, estarão os dois últimos classificados, com os visitados a serem a única equipa que ainda não venceu na actual temporada. Mas nos dois jogos que disputou em casa, o CRAV – derrotado por oito e dois pontos, respectivamente – mostrou combatividade e que é um osso bem duro de roer na Coutada. 
Ao contrário de 90 % dos jogos deste campeonato, esta será uma partida na qual o factor-casa e o desgaste da viagem irão ter influência no desfecho final, pelo que tudo aponta para que, no final da 7.ª jornada, deixe de haver equipas sem vitórias na prova. 


CASCAIS-TÉCNICO (Guia, 17.00)

Alô, é do Dramático de Cascais? Queria informar que um grupo de 23 perigosos casuals, equipados às riscas horizontais azuis e brancas, se dirige para a vossa bela vila, liderados por um tipo com ar cândido, lourinho, mas perigosíssimo, que parece responder pelo nome de Jardineiro (Gardener) e que na semana passada causou forte transtorno numa simpática equipa minhota. 
Querem evitar a repetição da decapitação ocorrida nas Olaias, no sábado? 
Pois então impeçam a sua entrada na Guia de qualquer modo. 
Ah, têm uma terceira-linha de bom nível e que não deixa médios de abertura adversários porem o pé em ramo verde? 
OK, muita gente tem dito o mesmo… 
Mas eu, se fosse vocês, não o deixava sair cá para fora nem no aquecimento e trancava-o dentro do balneário (ele que ficasse a marcar ensaios entre os duches e os lavatórios). 
E olhem que quem vos avisa vosso amigo é….

12 comentários:

Anónimo disse...

obrigado António Henriques por me animar o dia com os seus textos!!

Manuel Cabral disse...

logo do Direito agora no seu devido lugar... Obrigado a quem me chamou a atenção!

Anónimo disse...

eheheh, um bocado de humor diverte e não ofende.
Le rire est le propre de l'homme...

Fábio Machado disse...

Hilariante a crónica do Cascais - Técnico ! Hehe sem duvida o mão de mestre é a página da net que mais abro no trabalho ehehe

Keep up!

Anónimo disse...

Nao me parece que o CDUL e o Tecnico tenham uma tarde tão simples como descreve! Acho que ambos vão ganhar os respectivos jogos mas que se não entrarem com a atitude certa podem complicar e muito o dia...

Anónimo disse...

A.Henriques a abrir o livro! Marabilhoso!

Obrigado, volte sempre!

MB

Anónimo disse...

Bora Montemor! Pra cima deles. Nos somos favoritos ao contrario do que aqui esta escrito

Anónimo disse...

PME eficaz malheiro e pipoca??? não devemos ver os mesmos jogos, o malheiro arraste-se em campo, limita se a passar bolas para o lado e se em novo ja não defendia em velho ainda menos do Pipoca até tenho pena de falar, já deu muito ao rugby portugês hoje em dia é uma sombra do jogador que era, o Direito é sem dúvida uma equipa matreira mas com os "velhos" que não podem com uma gata pelo rabo basta pôlos a correr de um alado para o outro para se perderem, basta dizer que têm 7 ou 8 jogadores com mais de 30 anos e 30 anos de muito desgaste

Anónimo disse...

como ficou o sorteio da taça de portugal?

Manuel Cabral disse...

Sorteio da Taça já actualizado em:
http://www.maodemestre.com/p/taca-de-portugal-2013-14.html

Anónimo disse...

35-14 (CRAV-Montemor)

Anónimo disse...

À atenção do anónimo das 16.16.

"Parabéns à equipa de «velhos» e «acabados» do GDD, segundo rezam as crónicas dos raivosos do costume que se acobardam atrás do anonimato em blogues da nossa praça.... Na hora da verdade o GDD faturou e é a única só com vitórias no campeonato e já um título no bolso... É melhor provar no relvado mas temos de continuar a ser unidos, esforçados e se possível vencedores!"