26 de Novembro de 2014

COM LIMA, BETTENCOURT E TONIETTA NOS LOBOS, SAMUEL MARQUES BRILHA *

* Manuel Lopes
Com a interrupção da Top-14 e com as Espoirs também a descansar, o fim de semana ficou limitado à ProD2 e à Federal.

Entre os portugueses o destaque vai para os Três Mosqueteiros - José Lima, Pedro Bettencourt e Maxime Tonietta - que jogaram com os Lobos (e bem!) e para o Samuel Marques que mereceu o destaque máximo do Midi Olympique no jogo que ajudou a ganhar frente ao Perpignan.

OS ÁRBITROS TAMBÉM MARCAM ENSAIOS? *

* José Muralha
Os árbitros também marcam ensaios?
Espero que depois de um instante inicial de surpresa, o leitor diga para consigo “Claro, são os ensaios de penalidade”. 

Em seguida, pode sentir felicidade e orgulho por o desporto da bola oval ser bem mais avançado que os outros em termos de fair-play. 
Basta que o árbitro considere que uma falta da equipa defensora impediu um ensaio que seria provavelmente marcado, não permitindo, de forma alguma, que o crime compense (no soccer, cerca de 10% das grandes penalidades são falhadas).

25 de Novembro de 2014

APESAR DOS PROBLEMAS A SEGUNDONA PROSSEGUE DE NORTE A SUL *

* José Silva

Jogou-se a Quarta jornada do Nacional da Segunda Divisão, Zona Norte/Centro, com alguns resultados que não esperávamos, e que podem ser indicativos do desenrolar da Prova.

No jogo grande da ronda os Bravos ganharam com ponto bónus a um candidato (?) à Final Four, o Famalicão venceu, também com ponto bónus, os vizinhos de Braga e na Lousã a surpresa grande com os Serranos a despacharem os Garranos por números estranhos…

SANTARÉM BATE VITÓRIA DE SETÚBAL, E AS DUAS SOBEM NA TABELA

O Santarém venceu o Vitória de Setúbal por 24-18 e subiu ao oitavo lugar da Primeirona - agora com a os 35 jogos das sete primeiras jornadas já disputados - enquanto o Loulé se viu empurrado para o último lugar, graças ao bónus defensivo conseguido pelos sadinos.

Com duas jornadas para ter a primeira volta concluída a prova decorre com absoluta tranquilidade no seu topo superior, e, embora com uma única alteração na sua ordem, os cinco primeiros de 2013-14, são os mesmos deste ano.

WORLD RUGBY: O REBRANDING E A NECESSIDADE DE NOVOS PAÍSES SEDE DO MUNDIAL *

* Paul Tait
A renomeação da IRB para criar a World Rugby é uma parte importante da sua intenção de levar o rugby a mudar sua imagem de ser um desporto jogado apenas em alguns países, para ser um desporto de importância global.

O Internacional precisava ser modificado e substituído por uma palavra mais forte, e World (mundo) foi utilizado por causa disso.

23 de Novembro de 2014

EM DIA DE LOBOS, VITÓRIA DO CAMPEÃO VEIO NO BICO… DE UM ’CEGONHA’ *

* António Henriques
Dois cabazes dos antigos (13 ensaios para Direito e 12 conseguidos pelo Técnico), o esperado e confortável triunfo da Académica e a manutenção da invencibilidade de CDUL e Cascais graças a vitórias fora de portas mais ou menos complicadas, marcaram a 8.ª jornada da DH realizada no fim-de-semana em que a seleção nacional, finalmente alegre e desinibida (ai que saudades, ai, ai, …) e tão diferente da equipa triste e bisonha  de tempos recentes, nos deu finalmente motivos de regozijo neste seu início de um novo ciclo.

22 de Novembro de 2014

LOBOS CONVENCERAM E AINDA POR CIMA VENCERAM!

Não, a vitória não foi uma sorte, um acidente, mas perante o que a equipa nos deu, até foi secundário!

Dizer isto de uma equipa que nos últimos cinco anos nos deu mais todos os motivos para ficarmos desmoralizados depois de cada exibição, tem um enorme significado e é desse significado que nos enchemos hoje!

A equipa jogou "à portuguesa" com determinação, com disciplina táctica, com atitude e com espírito!