19 de outubro de 2018

BENFICA RECEBE LOUSÃ E AQUECE A PRIMEIRONA

Disputa-se este sábado a terceira jornada da Primeirona, onde apenas três equipas se mantém só com vitórias, o que vai deixar de acontecer já que duas delas se defrontam às 16 horas no Estádio 1º de Maio em Lisboa. São elas o Benfica e a Lousã.

Duas das quatro equipas despromovidas da Divisão de Honra, mas que graças ao convívio com os melhores conjuntos portugueses, se apresentam na Primeirona como primeiros favoritos aos lugares cimeiros da prova.

18 de outubro de 2018

OS PRÉMIOS DO RUGBY NACIONAL ESTÃO DE VOLTA

Após um interregno de dois anos, a Federação Portuguesa de Rugby voltou a atribuir aqueles que eram os já tradicinais Prémios anuais - a primeira vez que tal aconteceu foi em 1991.

Saúda-se este excelente regresso ao passado, que vem premiar aqueles que mais se distinguem entre todos, representando mais um incentivo e um reconhecimento público entre pares.

Este ano voltaram a ser atribuídos os prémios de Melhor Jogador, Melhor Jogadora, Melhor Treinador, Melhor Árbitro, além do prémio Especial Amizade e do prémio Carreira Desportiva.

17 de outubro de 2018

PRIMEIRONA ESTÁ DE VOLTA E TRAZ O PAÍS COM ELA!

Embora com algum atraso o Mão de Mestre está de volta à cobertura da mais nacional das competições de rugby em Portugal, numa época caracterizada pelo retorno de algumas das principais bandeiras do desporto, depois de uma aventura sem sentido que constituiu no aumento do número de equipas da Divisão de Honra (de 10 para 12) e na imediata redução da mesma (de 12 para 8) com a concentração de equipas nas três principais cidades do País.

A Primeirona sofreu com aquele aumento - foi necessário promover ao seu seio duas equipas que, eventualmente, ainda não estavam em condições de subir - e voltou a sofrer com aquela redução - que obrigou à descida à Segundona de quatro equipas (que só por acaso foram apenas três...) que tinham feito um esforço complementar para se integrarem num ritmo competitivo mais exigente.

15 de outubro de 2018

PORTUGAL NO MUNDO DOS SEVENS DESDE 1993 ATÉ 2018

A selecção nacional de sevens estreou a sua actividade em 1992, na preparação e no apuramento para o primeiro Mundial da variante, que se desenrolou na Escócia em 1993.

Nesse ano Portugal não conseguiu a qualificação para o evento, num torneio de apuramento marcado por um processo qualificativo pouco cuidado realizado em Itália, mas a verdade é que tiveram início naquela campanha que se repartiu entre Benidorm e Catânia, quase duas décadas de excelentes comportamentos em competições oficiais, com destaque para a vitória em oito campeonatos da Europa, a participação ininterrupta no Circuito Mundial entre 2000 e 2016, primeiro como equipa convidada (até 2011) e depois como Core Team, e ainda a participação nos Mundiais de 1977, 2001, 2005, 2009 e 2013.

14 de outubro de 2018

TÉCNICO BATE AGRONOMIA NO JOGO DE ESTREIA DA DIVISÃO DE HONRA


O jogo inaugural da primeira jornada da Divisão de Honra colocou em confronto, nas Olaias, o vice campeão Agronomia contra o Técnico, equipa que teve que disputar um play-off para garantir a permanência na categoria de topo do rugby nacional.

Logo no início do jogo se pode constatar que os dois XV's apresentavam em campo grandes diferenças em termos de jogadores relativamente ao ano passado.

5 de agosto de 2018

NOVA ZELÂNDIA CONQUISTA TÍTULOS NOS MUNDIAIS DE SEVENS

A Nova Zelândia conquistou o seu terceiro título mundial de sevens, depois de se ter sagrado campeã em 2001 e em 2013, e fez a dobradinha ao vencer também o mundial feminino. Como em 2013, os neozelandeses derrotaram a Inglaterra na final (em 2001 o finalista vencido foi a Austrália), numa competição que teve um formato bem diferente daquele que envergou nas seis anteriores edições, permitindo pela primeira vez que todas as equipas discutissem a classificação final.

22 de julho de 2018

MUNDIAL DE SEVENS - O REGRESSO ÁS ORIGENS

Depois de seis edições do Mundial de Sevens, em que o foco dos organizadores se fixou em fases de apuramento em grupos, para se entrar então numa decisiva fase final em jogos a eliminar, finalmente a World Rugby decidiu regressar às origens dos torneios de rugby de sevens, onde todos os jogos eram a eliminar.