21 de março de 2019

PORTUGAL CUMPRE E VENCE NA SUIÇA, DEFRONTANDO A REPÚBLICA CHECA NO SÁBADO

Cumprindo com a sua obrigação Portugal derrotou a Suiça por 48-17 e está a um passo de garantir a sua presença naquele que é, afinal, o único verdadeiro desafio que se apresenta aos Lobos na presente época desportiva... e na anterior... e na anterior...

Na verdade a vida da nossa seleção resume-se a saber se terá capacidade para vencer o seu adversário do play-off de acesso ao Rugby Europe Championship, já que terá que enfrentar uma equipa com uma rodagem bem diferente, em que o nível competitivo é bem diferente.

MONTEMOR TERMINA NA FRENTE DEPOIS DE VITÓRIA FOLGADA SOBRE LOUSÃ

O Montemor derrotou por larga margem a Lousã na última etapa da Fase de Apuramento da Primeirona (53-20), marcando nove ensaios, sendo este um dos encontros em que mais ensaios marcou, depois dos jogos com o Vila da Moita (16), CRAV (11) e Guimarães (10-10).

Os mouflons terminam assim a Fase de Apuramento no comando da tabela, recuperando uma liderança que tinham perdido na sexta jornada quando, em Novembro, foram perder a Évora, e será precisamente contra os chaparros que o Montemor vai disputar a meia final que terá lugar no próximo final de semana.

10 de março de 2019

GUIMARÃES GARANTE PERMANÊNCIA NA PRIMEIRONA PELO TERCEIRO ANO CONSECUTIVO

Beneficiando da derrota do Vila da Moita frente ao Benfica (69-0) o Guimarães garantiu a permanência na 1ª Divisão do rugby nacional, mesmo sendo derrotado em Évora por 58-24, e irá fazer a sua terceira temporada consecutiva no escalão.
O Vila da Moita, após cinco épocas na Primeirona regressa à Segundona de onde saíra como campeão em 2013-2014.

A Lousã recebeu e venceu o CRAV por 28-20, mas não sem que apanhasse um enorme susto ao terminar o primeiro tempo a perder por 12-20, com manifesta superioridade dos arcuenses que no entanto não a conseguiram manter no segundo tempo.

9 de março de 2019

PORTUGAL VENCE NA HOLANDA E ASSUME LIDERANÇA DO RE TROPHY

Portugal derrotou hoje a Holanda por 18-5, em Amesterdão, e assume a liderança do Rugby Europe Trophy não deixando qualquer dúvida quanto à sua superioridade na prova, que se prepara para vencer pela terceira vez consecutiva.

Os Lobos cedo se adiantaram no marcador, através da transformação de duas penalidades por Jorge Abecassis, e foi com Portugal na frente por 6-0 que se chegou ao intervalo.

3 de março de 2019

BENFICA VENCE EM MONTEMOR, LOUSÃ SOFRE NAS CALDAS

O Benfica foi vencer a Montemor por 20-17, imitando o resultado que o Évora tinha conseguido, ainda na primeira volta, e mantém a terceira posição na tabela, embora os chaparros tenham agora os mesmos pontos que os mouflons, graças à vitória bonificada sobre o Vila da Moita por 50-0.

Nas Caldas a Lousã começou bem e chegou ao intervalo a vencer por 23-0, mas depois, convencidos que o jogo estava no papo, os beirões foram surpreendidos por uns pelicanos que não baixaram os braços, e acabaram por conseguir o bónus defensivo ao chegarem ao fim da partida a perder por 24-26.

2 de março de 2019

SELEÇÕES NACIONAIS DE SEVENS EM PREPARAÇÃO PARA DISCUTIREM APURAMENTO PARA JO-2020

Anunciado o caminho para os Jogos Olímpicos de Tóquio-2020, hoje vamos revelar alguns passos da preparação das nossas seleções nacionais, embora nada garanta que depois das eleições para a FPR marcadas para o próximo mês de Abril não venha a haver alteração nos programas.

Na verdade as nossas equipas nacionais da variante estão já a trabalhar, com destaque para a equipa masculina que esta época desportiva já participou no Safari Sevens e em dois torneios na América do Sul - Punta del Este (Uruguai) e Viña del Mar (Chile) - onde conseguiu um excelente terceiro lugar no primeiro dos torneios batendo a Alemanha por 19-5, e um quarto lugar no segundo torneio, ao perder com a Argentina por 21-31.

24 de fevereiro de 2019

JOGOS OLÍMPICOS 2020 - DEPOIS DO FRACASSO NO APURAMENTO EM 2015, QUAL O FUTURO DE PORTUGAL?

A história de conquistas da equipa de sevens de Portugal, que teve início com a vitória no campeonato da Europa em 2002 e se repetiu em oito ocasiões, termina logo a seguir ao último triunfo na competição, com a pior participação de sempre em Campeonatos do Mundo, classificações secundárias em anos sucessivos no Europeu e a não qualificação para os Jogos Olímpicos de 2016, depois de uma classificação desastrosa no Torneio de Repescagem da Europa, que se realizou em Lisboa, em Julho de 2015.

A partir daqui alguns pensaram que não podia piorar, mas estavam enganados! No ano seguinte fomos afastados do Circuito Mundial, e não conseguimos o apuramento para o Mundial de 2018...