26 de julho de 2015

QUEM VAI DIRIGIR AS NOSSAS SELECÇÕES NACIONAIS DE SENIORES?

Com eleições à vista na FPR, com o conhecimento da existência de um candidato alternativo (pelo menos) à presidência da Federação Portuguesa de Rugby, o mínimo que se podia espera do actual presidente, é que fosse cauteloso nas suas decisões, sempre que elas tenham efeitos que ultrapassem o último dia do seu mandato.

Mas não foi isso que Amado da Silva fez, quando demitiu os responsáveis pelas selecções nacionais de XV e de VII (masculina), criando assim a necessidade de nomeação de novas equipas técnicas, que, naturalmente, terão um prazo de validade de pelo menos um ano, obrigando o futuro presidente da FPR a respeitar estas nomeações, mesmo se estiver contra elas.

E Amado da Silva já afirmou publicamente - embora a cotação da sua palavra ande muito por baixo - que tratará de concluir este processo até 31 de Julho, ou seja, até à próxima sexta-feira.

24 de julho de 2015

O QUE VALEM AS PROMESSAS ELEITORAIS DE AMADO DA SILVA

Amado da Silva foi eleito para a Presidência da FPR depois de um processo eleitoral em que fez muitas promessas, garantiu aos clubes, em especial aos pequenos, que iria dar andamento aos seus desejos e ambições, e tendo que recorrer a uma segunda volta onde capitalizou o desagrado de um delegado votante na lista de Dídio de Aguiar, que permitiu mudar um empate numa vitória pela diferença de dois votos.

Recorde-se que a eleição de 2010 aconteceu a meio da época desportiva, a meio da disputa dos jogos de apuramento para o Mundial de 2011, e numa altura em que tudo indicava que Portugal iria conseguir a sua segunda qualificação seguida, sem que houvesse nenhuma disposição que obrigasse à realização de eleições naquela altura, e sendo mesmo aconselhável que elas se viessem a realizar apenas depois de concluídos os jogos do apuramento para o Mundial.

CASCAIS E GROUNDLINK FAZEM BALANÇO DA ÉPOCA *

Cumpridas as metas traçadas para a época desportiva de 2014-2015, o Cascais Rugby e a GroundLink, o seu patrocinador principal, renovaram o protocolo para uma nova temporada.

O presente e o futuro da equipa, que celebra 40 anos em Setembro, passa por melhorar a competitividade e qualidade do plantel sénior com entradas específicas e com bons valores que a formação está a gerar. .

RWC 2015 - MÃO DE MESTRE APRESENTA OS FINALISTAS - URUGUAI *

* Paul Tait
Informações do País
Oficialmente a República Oriental do Uruguai, o país é um localizado na parte sudeste da América do Sul. Metade dos seus 3,5 milhões de habitantes vivem no capital, Montevideu. 

O país tem fronteiras com o Brasil e a Argentina e é o segundo menor país do continente depois do Suriname. 

Sua área total de 176.215km² é comparável ao estado norte americano de Washington e quase duas vezes maior que Portugal. 
Entre os vinte integrantes no mundial de rugby Uruguai está longe de ser o menor. 
Pelo contrário é maior que Escócia, Fiji, Geórgia, Inglaterra, Irlanda, País de Gales, Samoa e Tonga.

23 de julho de 2015

RUGBY DOS VALORES OU RUGBY DOS VALORES (€€)? *

* Bruno Nifo 
Sem ser velho, eu sou (e gosto de ser) do tempo em que só se jogava rugby no clube do coração ou que só se mudava quando as ideias não eram as mesmas ou não nos estávamos a divertir ali e havia que procurar ser Feliz noutro lado.

Havia sentido de pertença, vontade de ser não só mais um mas sim um dos que fez alguma coisa por um clube com o qual nos identificamos e onde queremos deixar marca.

SEGUINDO A WORLD RUGBY, CONSUR AGORA É SUDAMERICA RUGBY

A Confederação Sudamericana de Rugby renova-se e a partir de hoje adopta a designação de Sudamérica Rugby, acompanhando a recente a alteração do nome da International Rugby Board, agora World Rugby.
 
“A moção foi aprovada por unanimidade na Assembleia Anual que decorreu na cidade de Santa Fé, Argentina, no passado mês de Junho”, disse Carlos Barbieri, Presidente da Sudamérica Rugby.

22 de julho de 2015

PATETAS?? AMADO DA SILVA PERDEU A CABEÇA E A BOA EDUCAÇÃO!

Em entrevista de hoje à BolaTV Amado da Silva diz que os que o criticam são patetas e mal informados, não se cansando de afirmar repetidamente que não tem qualquer responsabilidade no estado a que chegaram as selecções nacionais de XV e de VII.

Dado que o Mão de Mestre tem criticado o actual presidente da FPR repetidas vezes, é claro que também somos alvo da elegante designação com que Amado da Silva mimoseou os que não concordam com ele, perdendo o sentido da responsabilidade e a boa educação, regressando a um estilo trauliteiro a que nos habituou no seu Cantinho do Presidente, nos tempos em que disparava a torto e a direito contra o seu antecessor no cargo máximo da FPR.