28 de maio de 2015

TRIBUTO A VASCO UVA NA SUA 100ª INTERNACIONALIZAÇÃO *

* Pedro Sousa Ribeiro
No próximo sábado, no jogo em que Portugal vai defrontar o Quénia em Nairobi, Vasco Uva vai atingir as 100 internacionalizações - marca assinalável! - o primeiro a atingi-la no rugby português, passando a ingressar na lista dos Rugby Centurions encabeçada pelo irlandês BrianO´Driscoll que atingiu as 141 internacionalizações (133 pela Irlanda e 8 pelos British and Irish Lions).

Vasco Uva representou Portugal em seniores pela primeira vez, em 16 de Fevereiro de 2003 no jogo com a Geórgia realizado em Lisboa, que Portugal venceu por 34-30.
Vasco foi suplente utilizado nesse jogo. 
A primeira vez que integrou o XV inicial foi no jogo Geórgia-Portugal realizado em Tblissi em 14 de Fevereiro de 2004.

26 de maio de 2015

A PROBLEMÁTICA DOS CLUBES SATÉLITES *

* Pedro Sousa Ribeiro
Tal como José Redondo,que o afirmou em artigo publicado no Mão de Mestre, sou totalmente favorável ao aparecimento de equipas satélites, com a possibilidade de poderem jogar com até cinco atletas da equipa “mãe”.

José Redondo disse ainda “É por isso de louvar que alguns clubes possam ser satélites de clubes que os desejam apoiar, seja por treinarem em conjunto, seja por serem residentes em vilas próximas.”

AGEN VENCE FINAL NA PROD2 E ACOMPANHA PAU NA SUBIDA À TOP-14 *

*Manuel Lopes
O Clermont de Bardy venceu o Montpellier na última jornada da Top-14 e com isso assegurou o segundo lugar na tabela e a presença nas meias finais da prova, onde defrontará o vencedor do encontro Toulouse-Oyonnax, enquanto a outra meia final do melhor campeonato de clubes do mundo será entre o vencedor do Stade Français-Racing Metro, que defronta o Toulon.

Entretanto a ProD2 terminou com boas notícias para os portugueses, que vão ter mais um compatriota na Top-14 da próxima época.

25 de maio de 2015

MISTÉRIO DA QUALIFICAÇÃO OLÍMPICA É REVELADO AOS POUCOS

Por motivos que não descortinamos, continua envolta em neblina a fórmula de apuramento olímpico, embora já tenha sido tornado público a maior parte dos seus pormenores, faltando no entanto o total esclarecimento quanto ao processo que levará à qualificação do 12º participante no grande evento, através de um torneio de repescagem final que terá lugar apenas no próximo ano.

Apesar da natural reserva que o mistério da World Rugby impõe, o Mão de Mestre pensa estar em condições de revelar a contribuição europeia para esse torneio final, que será disputado por 12 equipas, em local ainda não conhecido.

PORTUGAL JOGA NO QUÉNIA NO FIM DE SEMANA

A selecção nacional de rugby parte na quarta feira de manhã para Nairóbi, onde vai defrontar a sua congénere queniana, num jogo amigável que servirá para testar um lote de jogadores que habitualmente não têm feito parte da nossa equipa nacional.

Além desses testes esta é uma oportunidade para Portugal subir um lugar no ranking da World Rugby, ultrapassando a Namíbia, mas isso apenas acontecerá caso os Lobos vençam a partida por mais de 15 pontos de diferença.

RWC 2015 - MÃO DE MESTRE APRESENTA OS FINALISTAS - ESTADOS UNIDOS *

* Paul Tait
Informações do País
Localizado na América do Norte, os Estados Unidos são o quarto maior país do mundo em termos de área e o terceiro em população. Com cerca de 320 milhões de habitantes os Estados Unidos são o maior país que jogará no Campeonato do Mundo este ano e o segundo por área depois do Canadá.

Os Estados Unidos tem o maior economia nacional do mundo. Conta com inúmeros empresas famosas em varías áreas desde a agricultura à tecnologia.

GEÓRGIA VENCE TROPHY E DISPUTA MUNDIAL EM 2016

Uma vitória por 46-24 sobre o Canadá na final do World Trophy de 2015 no escalão Sub-20, dá à Geórgia o seu primeiro título e o direito a participar no Mundial de categoria em 2016.

O Uruguai garantiu o terceiro lugar na prova, após derrotar Tonga por escassos 44-43, enquanto as Fiji bateram a Namíbia por 36-24, na discussão do quinto lugar na prova.