17 de janeiro de 2017

DE NORTE A SUL, GUIMARÃES E LOULÉ DOMINAM SEGUNDONA

Guimarães é o líder incontestado da zona Norte/Centro, depois de vencer a Agrária por 43-20, e com o bónus conquistado leva agora seis pontos de vantagem sobre a equipa conimbricense, enquanto na mesma zona, o Braga surpreende ao bater com pesados 72-12 a equipa da Universidade de Aveiro.

Enquanto isso na zona Sul/Lisboa o Loulé venceu o Elvas por 45-13 e continua também sem adversário à sua altura, continuando na frente com cinco pontos de vantagem sobre o Borba, que é o segundo da tabela.

16 de janeiro de 2017

EM JORNADA DAS COMPETIÇÕES EUROPEIAS SÓ DEU PROD2 E FEDERAIS *

* Manuel Lopes
Com as competições europeias no ponto culminante da fase de apuramento, teve lugar a quinta de seis jornadas, que viu o Clermont garantir a presença nos quartos de final, o rugby em França ficou pela Prod2 e pelas competições federais, com a Top-14 a descansar.

Os nossos Samuel Marques, Cedate Gomes Sá e Geoffrey Moise não fizeram parte do lote dos convocados, e Julien Bardy continua no estaleiro.

VITÓRIA DO ÉVORA IMPRESSIONA PELO VOLUME DO RESULTADO

Esperava-se um resultado muito disputado no jogo entre Benfica e Évora, embora o favoritismo estivesse do lado dos eborenses, mas o que ninguém poderia adivinhar era um resultado tão desnivelado como o que se verificou, e que deitou por terra a esperança dos encarnados em assumirem o comando.

Para que isso possa acontecer agora, o Évora terá que perder pelo menos três vezes, o que não parece que vá acontecer nos oito jogos que faltam para completar a fase de apuramento da prova.

CDUL RECUPERA UM LUGAR E LUTA PELO SEXTO POSTO AQUECE

Com a vitória sobre o Técnico por 36-21, com direito a ponto de bónus, o CDUL recupera um lugar na classificação e está agora a dois pontos do Cascais e a um ponto de distância de Agronomia, embora a equipa da Tapada tenha um jogo a menos, aquele que deveria ter feito contra Direito neste final de semana, mas que foi adiado por causa da realização da Taça Ibérica, na qual, infelizmente, os advogados foram batidos por 27-22.

E se na frente o Direito não está ameaçado na liderança, pois mesmo que venha a perder o jogo adiado deste fim de semana não perderá a posição, Agronomia poderá recuperar a segunda posição caso vença o atual líder, mas para já é grande o equilíbrio entre o segundo e o quinto da classificação, com apenas cinco pontos a separá-los.

13 de janeiro de 2017

JOGOS GRANDES EM FIM DE SEMANA DE TAÇA IBÉRICA

O jogo que vai decidir quem vai ser o maior campeão de sempre da Taça Ibérica, marca o fim de semana do rugby português, mas dentro de portas muitos jogos carregados de interesse se disputam um pouco por todo o lado.

Desde a Segunda Divisão até à Divisão de Honra - desta vez apenas com três encontros - passando pela Primeirona, muita rivalidade e muitas coisas por decidir em apenas 80 minutos.

DIREITO E EL SALVADOR LUTAM PELO QUINTO TÍTULO IBÉRICO *

* Pedro Pinto Fernandes
É já no Domingo que se joga a 37ª edição da Taça Ibérica, final a um só jogo cuja disputa este ano será entre o GD Direito e o El Salvador (Valladolid), e todos os olhos do Rugby Ibérico, e não só, se viram para este encontro que se reveste de enorme importância, pois é a unica forma de os países ibéricos testarem as suas competências e sua diferenças.

As duas finalistas deste ano fazem parte dum grupo de quatro equipas, juntamente com a UE Santboiana e o SL Benfica, que venceram a prova por quatro vezes, dividindo a honra do maior número de títulos na Taça, e assim, o vencedor do jogo de Domingo passará a líder isolado da classificação, com cinco vitórias no registo.

11 de janeiro de 2017

CALDAS É DESTAQUE NA 4ª ELIMINATÓRIA DA TAÇA DE PORTUGAL

O Caldas conseguiu o resultado de maior significado da eliminatória da Taça, ao bater o Santarém por 38-35 assegurando a passagem à 5ª etapa da prova, onde vai defrontar o Técnico, em casa.

Nos restantes encontros venceram os favoritos, com especial destaque para as avantajadas vitórias do CRAV em casa por 50-16 frente ao Vila da Moita, e do Évora, em Lisboa, frente ao São Miguel, por 84-7.