22 de junho de 2015

O EUROPEU FEMININO DE SEVENS DISPUTA-SE DESDE 2003

O campeonato da Europa feminino de sevens teve a sua primeira edição em 2003, e foi classificada pela FIRA (agora Europe Rugby) como uma edição experimental muito bem sucedida, e a Espanha foi a vencedora, feito que apenas repetiu em 2010.

Até 2011 a decisão do título era tomada num único torneio, e se é verdade que na maior parte dos anos a prova foi disputada por 10 equipas - era denominada Top-10 - nos anos de 2006 e 2008 foram 16 as participantes, e em 2011 passou para 12.


Com a introdução do sistema de Circuito em 2012, com a denominação de European Women Sevens Series (que passou a Women Grand Prix Series no ano seguinte), a prova passou a ser disputada em duas etapas, por 12 equipas, sendo as duas últimas rebaixadas para a Divisão A, e as duas primeiras desta divisão promovidas para o WGPS.

A Inglaterra é quem mais títulos reuniu - cinco, em 2005, 2008, 2009, 2011 e 2012 - seguida por um grupo de três equipas que venceram a prova em duas ocasiões - Espanha, 2003 e 2010, França, em 2007 e 2015 e a Rússia, em 2013 e 2014 - encerrando o conjuntos das vencedoras do Europeu, o País de Gales, em 2006. A prova não se disputou em 2004.

Quanto a Portugal a sua classificação tem oscilado entre um 5º lugar em 2003, e o 10º lugar em 2007, 2008 e este ano. Três sextos lugares em 2009, 2011 e 2014, outros três oitavos lugares em 2006, 2012 e 2013, e dois sétimos em 2005 e 2010 completam a história da nossa equipa na competição.

As competições de sevens na Europa têm variado muito em número de participantes e na suas divisões, mas conforme os sevens vão ganhando importância e lugar no mundo do rugby, parece que se chegou a um ponto estável, e desde 2013 que existem, além do WGPS, duas divisões, A e B, com 12 equipas cada uma.

No entanto o formato destas divisões tem variado, e se em 2013 ambas foram disputadas em dois grupos de seis equipas, em dois dias de prova, em 2014 a Divisão A passou a três grupos de quatro equipas, em dois dias, mas a Divisão B passou para quatro grupos de três equipas e disputado em apenas um dia, para este ano se ter adoptado o sistema de três grupos de quatro equipas, e dois dias de prova, em todas as divisões.

Fique com o quadro completo das classificações desde 2003 até 2015:


 Promovidas: Escócia e País de Gales

 Promovidas: Bélgica e Suécia

 Promovidas: Escócia e Ucrânia

Promovidas: Bélgica e Finlândia

1 comentário:

Antonio Freitas disse...

Olhando para o excelente quadro apresentado , vemos que à semelhança dos homens , no feminino a queda foi grande , ficámos a lugar acima de não descer ! num ano de forte aposta da FPR nesta variante desde o inicio do ano , com atletas a ganhar dinheiro como nunca antes e uma exclusividade para os sevens o que dizer - falhanço total no masculino e feminino , dizer que - "o dinheiro não puxa carroça".