19 de abril de 2013

SEGUNDONA COM TUDO EM ABERTO, APESAR DA VANTAGEM DAS EQUIPAS DE LISBOA

Com vitórias nas sacolas, mas com uma merenda bem modesta, as equipas do Minho viajam até Lisboa na esperança de manterem a pequena vantagem que trazem, e que lhes pode abrir o caminho da final.

As equipas de Lisboa resistiram bem aos jogos da semana passada, e apesar das derrotas sofridas são favoritas para o apuramento - mas se não tiverem muito cuidado e caldos de galinha, podem não aguentar o vigor do verde tinto!

SÃO MIGUEL - GUIMARÃES (22-23)
1º de Maio (Av. Rio de Janeiro), sábado, 16 horas
O São Miguel não conseguiu impor o seu jogo no encontro da primeira mão, e
apenas a reduzida vantagem que cedeu ao adversário permite manter as suas aspirações por uma presença na final, intactas.
Mas os bravos viajam até Lisboa animados pela vitória, e pelo conhecimento de que todos os adversários são, em qualquer momento, susceptíveis de serem derrotados - e se o Guimarães ganhou na cidade-berço, porque não pode ganhar na cidade-capital?
A estreia em competições do Estádio 1º de Maio (INATEL) é um factor de regozijo, e talvez os buldogues se sintam galvanizados e impulsionados a uma grande exibição que lhes dê acesso à finalíssima, mas não podem dormir à sombra dos êxitos conquistados na fase de apuramento, pois já sentiram na carne que este adversário é bem mais forte do que se poderia imaginar.

SPORTING - FAMALICÃO (20-21)
Universitário, domingo, 14 horas
Os leões responderam muito bem à esperada superioridade do Famalicão, no
Minho, e só foram derrotados, por margem mínima, mesmo no final do jogo, e se o resultado surpreendeu não terá, por isso, deixado de ser justo.
Agora, com a viagem até Lisboa, os famalicenses têm a possibilidade de responder a quem ficou desiludido com o resultado da primeira mão, e derrotarem o Sporting no seu  covil, garantindo a presença na final.
Mas isso não será fácil, e a este nível e nesta fase da competição qualquer falha pode ser fatal, e o Famalicão tinha obrigação - para manter as suas aspirações em alta - de ganhar com alguma margem, em casa, para poder defender a eliminatória em casa do adversário.
Não foi isso que aconteceu, a vitória por um ponto apenas representa praticamente um nulo, e desta forma o favoritismo no jogo e na eliminatória passa para os bolsos da equipa lisboeta.

Em resumo, os vencedores da primeira mão não conseguiram resultados que lhes permitam encarar os jogos da segunda mão com optimismo, e agora, no segundo encontro, a vantagem está do lado das equipas que jogam em casa.

Os dois jogos serão dirigidos, em jornada dupla, por Filipa Jales, com Maria Heitor e Diogo Belbut, como já tinha acontecido na primeira mão com José Vareta,  Oleg Dudcó e Miguel Sousa.


7 comentários:

Anónimo disse...

Quantos há em Lisboa ?

Anónimo disse...

São miguel ganhou 20-11 num jogo em que só mereceu ganhar o guimaraes

Manuel Cabral disse...

Resultados aqui:
http://www.maodemestre.com/p/jogos-da-semana.html

Anónimo disse...

Sporting 28 - RCFamalicão 15.

Anónimo disse...

como alguém dizia no EUL: "o mais dificil está feito. o sporting ganhou ao famalicão. agora falta o mais fácil, vencermos o sporting na final!"

Martim Lima disse...

O anónimo que diz que so o Guimarães merecia ganhar nao viu o mesmo jogo. Ja agora o resultado final foi 25-11

Estevão disse...

Martim, foi sorte. Estava muito vento e as bolas voaram todas para a linha de ensaio!
E nem marcamos 2 ensaios nos últimos 10 minutos, a jogar com 14!

Independentemente o Guimarães é uma excelente equipa! Não foi nada fácil!