7 de fevereiro de 2013

LOBOS (QUASE) SEM ALTERAÇÕES NA GEÓRGIA

Portugal apresenta no segundo jogo do Europeu de XV praticamente o mesmo XV inicial que defrontou a Roménia em Lisboa, e apenas duas alterações se verificam.

Nas linhas atrasadas nada de novo, quer nos que começam, quer nos que ficam no banco, repetindo-se a convocatória de dois homens para o banco, sendo que nenhum deles é um especialista nem com a camisola 9, nem com a número 10.

Desta forma, qualquer problema que surja com Pinto de Magalhães ou Leal, terá que ser resolvido dentro das quatro linhas, passando pelo eixo Magalhães-Leal-Penha e Costa, e a entrada de um dos reservas para a posição de defesa.

Mas também pelo que vimos contra a Roménia isso é irrelevante já que aparentemente a única preocupação das linhas atrasadas consiste em defender.

Jacques le Roux é o grande ausente da partida, já que fraturou o rádio - foi operado no princípio da semana - e deve estar ausente dos campos por bastante tempo.

Felizmente naquele setor não nos falta matéria humana, e como Bardy recuperou do joelho e foi dado como apto, a única alteração no XV inicial será a entrada de Vasco Uva.

Mas como Uva teve uma excelente partida, quando chamado ao campo no sábado passado, a força da equipa continua naquela zona.

A segunda linha continua com David dos Reis e Gonçalo Uva, e acreditamos que a primeira alternativa para o setor, passa pela entrada de Tiago Girão, que se encontra no banco com Laurent Balangue e Rafael Simões.

Finalmente a primeira linha, onde os problemas continuam sem solução.
Dos pilares, Francisco Fernandes regressou a França, já que o seu clube, o Béziers, tem um importante encontro com o Aix-en-Provence, que, caso vença, o pode tirar da penúltima posição e embarcar num grupo com pontos semelhantes onde a luta pela fuga à despromoção será mais fácil.
Mas é uma pena, Fernandes esteve bem contra a Roménia e a sua ausência (no campo ou no banco) vai ser com certeza notada.
O seu lugar vai ser ocupado por Anthony Alves, que chegou aos trabalhos da seleção, assim como Mike Tadjer Barbosa, após o jogo da semana passada, e que também tem tido comportamento de mérito com a camisola das quinas.
Do outro lado mantém-se Juan Murre, e no banco Jorge Segurado e Tony Martins.
Quanto aos talonadores, João Correia vai ter que fazer a despesa toda, já que Mike Tadjer se lesionou já em Lisboa e foi dispensado, e Lionel Campergue tinha sido devolvido a procedência, por troca com Tadjer Barbosa...
Perante a situação foi chamado o cdulista Miguel Vilaça, que pode assim ter o seu batismo num jogo de grande importância e dificuldade.

Em resumo, o mesmo XV do jogo da semana passada, com a entrada de Anthony Alves para o lugar de Francisco Fernandes e de Vasco Uva para o lugar de Jacques Le Roux.
No banco saiu Lionel Campergue e entrou Miguel Vilaça, e com a passagem de Vasco Uva para a equipa que começa, entrou Rafael Simões para o lugar que ficou vago.

Fique com o quadro da equipa portuguesa, que nos foi gentilmente enviado, apesar da publicação oficial da mesma pela FPR só dever acontecer amanhã, contrariamente ao que acontece com as restantes equipas, que já deram a conhecer os seus XV iniciais.


ATUALIZAÇÃO: De acordo com a lista publicada na sexta feira pela FPR, Laurent Balangue envergará a camisola 21 e Rafael Simões a número 20, e não como indicado no nosso quadro.

Fotos: Aguinaldo Vera-Cruz

10 comentários:

Anónimo disse...

Não se compreende a insistência no Leal a 10. Não dá.

Anónimo disse...

Não se intende é a insistência do Pipas a talunador. Depois do jogo que fez acho que esta visto que as pernas já não dão para estes voos! Mas com isto não quero dizer que que é mau jogador, mas este não foi o primeiro jogo a vacilar e muito nas fazes estáticas!

Pedro Freitas disse...

Tiago Girão no banco ..Porquê ???!

Anónimo disse...

De facto não se percebe a insistencia do Pipoca a 10, já se percebeu que não dá, não tem cabedal para atacar a linha da vantagem, acho que era melhor opção o Penha e Costa, mas enfim, como não sou eu o treinador...
Boa sorte!

Anónimo disse...

alguem me sabe dizer q horas e o jogo sff? e ja agora se passa em alguma televisao

Anónimo disse...

Noticia no Jornal oJogo:

"Selecionador Errol Brain aposta numa equipa mais musculada para o jogo deste sábado, face a um adversário poderoso fisicamente e em campo "pesado".
Depois do desaire ante a Roménia (13-19) na ronda inaugural do Torneio Europeu das Nações, em Lisboa, o seleccionador nacional, Errol Brain, alterou radicalmente a abordagem para o jogo deste sábado, em Tbilissi, frente à Geórgia.

Na lista divulgada com a equipa que vai iniciar o jogo, Brain escalou 14 avançados -- contra os oito tradicionais --, restando Francisco Pinto Magalhães como representante dos três-quartos. Será uma equipa mais musculada a que vai defrontar uma das formações fisicamente mais poderosas do Seis Nações B e em condições climatéricas e de campo bastante adversas.

No "cinco da frente" os Lobos vão jogar com primeiras linhas (pilares e talonadores); Vasco Uva e Rafael Simões serão o par de médios, enquanto lá atrás, a centros e pontas, os lugares serão desempenhados por segundas-linhas e asas.

O "14" inicial de Portugal será o seguinte:

Francisco Magalhães; Tiago Girão, Juan Severino, Julien de Sousa Bardy e Laurent Balangue; Vasco Uva e Rafael Simões; Gonçalo Uva, David dos Reis e Tony Martins; Miguel Vilaça e Juan Murre; João Correia (capitão), Anthony Alves e Jorge Segurado."

Anónimo disse...

Boa sorte lobos!!!!!!!!!!!!!!

Anónimo disse...

FORÇA LOBOS!!!

Anónimo disse...

Se essa "notícia" está mesmo no jornal O Jogo, o "jornalista" tem algum problema muito grave. As melhoras, é o que eu lhe desejo

Anónimo disse...

o pedro leal com camisola 10 e ridiculo