12 de janeiro de 2014

BENFICA E SANTARÉM VENCEM DUELOS NAS PONTAS

O Benfica que na semana passada desanimava com uma derrota em casa, encheu-se de brio, foi à Lousã aguentar o ataque dos serranos para, já em período de desconto, quebrar a carreira até então 100% vitoriosa dos donos da casa na prova, e marcar os pontos que precisou para empatar a partida.

Melhor esteve o Santarém que na outra ponta da tabela recebeu os lisboetas de São Miguel e conseguiu uma vitória importantíssima, deixando os visitantes isolados na classificação com a lanterna vermelha na mão.

Enquanto isso o Évora aproveitou os acontecimentos, fez o maior resultado do fim de semana sobre o Loulé e subiu à terceira posição por troca com os encarnados, ao mesmo tempo que o Groundlink Caldas cumpriu e fez o bónus de ataque sobre o Setúbal, para se aproximar e ficar apenas a dois pontos do líder.


Vamos à ronda dos jogos: 


LOUSÃ 15-15 BENFICA
(Boletim de Jogo)
Num jogo de grande equilíbrio os benfiquistas acabaram por ser a equipa que melhor se adaptou às circunstâncias, acabando por regressar com dois preciosos pontos da viagem à Lousã.
Assinale-se que antes do encontro, e perante (talvez) a maior assistência de sempre no Estádio José Redondo, por solicitação dos dirigentes da Lousã foi observado um minuto de silêncio em memória de Eusébio, provavelmente a maior figura de sempre do desporto nacional. 
Os serranos não conseguiram evidenciar a superioridade que têm demonstrado ao longo da prova, e deverão aproveitar o fim de semana de folga para acabar de digerir o que ainda falta dos festejos natalícios e se prepararem para a segunda volta da prova.
Depois de algumas confidências que nos foram feitas de desânimo nas hostes do Benfica após a derrota da passada semana, que já levava alguns a pensar que a possibilidade de lutar pelo título estava descartada, nada melhor que (quase) levar ao tapete o líder invicto para levantar a moral e olhar com esperança para o que ainda falta cumprir.
Claro que empatar na Lousã não é vencer o campeonato, mas é com certeza uma excelente oportunidade para reanimar a equipa conduzida por José Mendes, acompanhado de Sérgio Ferreira, e quem acaba por
ganhar é o rugby nacional e em especial a Primeirona, que em cada dia que passa ganha mais interesse!
Registe-se ainda que o dia foi aproveitado pelo Rugby Club da Lousã para proceder à inauguração da Casa do Estádio destinada a alojamento de jogadores ou treinadores quando necessário, em cerimónia acompanhada de um Beirão de Honra, demonstrando bem que o clube continua a crescer.

 
GROUNDLINK CALDAS *38-5 SETÚBAL
(Boletim de Jogo)
Os pelicanos cumpriram a sua obrigação e venceram o Setúbal com bónus de ataque reduzindo a distância para a Lousã a apenas dois pontos, deixando para mais tarde – provavelmente na recepção ao líder – o assalto ao primeiro lugar.
O Setúbal manteve a distância em relação ao Loulé, e teremos que aguardar a realização do jogo em atraso (com a Agrária) para saber se consegue igualar em pontos o Loulé, apesar da vantagem dos algarvios nos factores de desempate, e posicionar-se melhor para a entrada no grupo do play-off.
O Groundlink Caldas marcou seis ensaios apesar da ausência de Davis Mateus, e tem agora o melhor ataque (405) com o maior número de ensaios marcados (60), mas a defender continua na segunda posição, apesar de ser a equipa que menos ensaios sofreu (5).



ÉVORA *57-6 LOULÉ
O Évora venceu facilmente o Loulé e subiu ao terceiro lugar na tabela, numa caminhada tranquila para o apuramento para o play-off, e a equipa parece estar a render progressivamente mais.
A partida esteve relativamente equilibrada até ao intervalo, que chegou com o resultado de 12-3 feito apenas de penalidades, mas no segundo tempo a superioridade dos alentejanos cedo veio ao de cima e a marcação de sete ensaios em 40 minutos é disso prova clara.
O Loulé sofreu a sua maior derrota da época, mantendo a sexta posição com mais cinco pontos que o Setúbal, que tem um jogo a menos, mas deixando fugir o Sporting, que está agora também a cinco pontos de distância, mas à sua frente.
Note-se que a equipa algarvia é a única que ainda não conseguiu um único ponto de bónus, e isso pode vir a atrapalhar a sua classificação quando chegar a hora de fechar a contabilidade.
Quanto aos chaparros registe-se que somam sete vitórias nas nove jornadas já disputadas, tendo cedido apenas frente aos dois primeiros.



AGRÁRIA 15-46* SPORTING
Em jogo disputado em Lisboa, por troca de campo, o Sporting venceu com bónus ofensivo – o seu primeiro bónus da época – registando o maior número de ensaios marcados (7) e simultaneamente o maior número de pontos marcados num só jogo (46).
A Agrária desiludiu neste regresso de férias, e apesar dos dois ensaios marcados, sofreu, pela quinta vez em oito jogos, mais de meia dúzia de ensaios, denotando uma fragilidade defensiva incompatível com qualquer tipo de sonho de subir na classificação mais do que já subiu – os charruas são quem mais ensaios sofreu na competição (49).
E a juntar a isso, a Agrária tem o pior ataque, com apenas 70 pontos e sete ensaios na conta é a única equipa que ainda não chegou à centena de pontos marcados, acabando por ser aquela que apresenta um pior diferencial entre pontos marcados e sofridos (319-70=249).
Os leões pelo contrário, são entre as equipas com saldo negativo de pontos aquela com melhor registo, com mais pontos marcados e menos sofridos e um saldo de apenas -37.

SANTARÉM 15-13* SÃO MIGUEL
Era o encontro mais importante da jornada, entre as duas equipas que ainda não tinham vencido, e o Santarém conseguiu uma importante vitória no caminho da manutenção, apesar do São Miguel ter conseguido manter a contagem equilibrada e assegurar um ponto de bónus que pode vir a ser determinante, já que fixa a diferença na tabela entre as duas equipas em apenas quatro pontos, com um saldo de apenas dois pontos, entre marcados e sofridos, favorável aos escalabitanos.
Portanto, apesar da vantagem no final da primeira volta, tudo está em aberto em relação ao resultado final da prova que, recorde-se, não tem play-off final de manutenção – ao cabo das 18 jornadas, quem estiver na última posição, desce.



50 comentários:

António Ferreira Marques disse...

Uma análise da 1ª Volta e perspectiva para a 2ª volta, da parte de uma adepto ... curioso ...
1) Os quatro primeiros claramente a disputar o título:
- Lousã, a equipa mais "poderosa" mas atenção ... jogam fora os 3 encontros com os mais directos rivais ...;
- Caldas Rugby Club, a equipa com o rugby mais académico, expresso no melhor ataque, mas atenção ... jogam fora com o Benfica e Évora e há que consolidar a integração de duas culturas ...;
- Évora, a equipa que mais pode crescer e atenção ... jogam em casa os jogos com os mais directos rivais ...;
- Benfica, a equipa mais experiente e com mais história, e atenção, recebe em casa os dois adversários mais falados como potenciais candidatos.
CONCLUINDO: TUDO EM ABERTO E EMOÇÃO CERTA ... O desejável seriam jogos leais, e acima de tudo cheios de público!!!!
2) 3 equipas a disputar o 5º lugar:
- Sporting com o melhor rugby, mas atenção ... joga a 2ª volta praticamente fora ... a "coragem" e "determinação" do projecto serão testados nesta circunstância;
- Loulé e Setubal (analisados em conjunto já que têm características de rugby mto selmelhantes, i.e. um rugby de combate e de luta ... no bom sentido)são à partida os que têm condições de alcançar os 5º e 6º lugares, mas atenção ... ao Sporting ...
3) Um equipa, a Agrária, com um rugby clássico e margem de progressão, mas ... com "poder" para chegar ao grupo dos outros três ???
4) Finalmente o Santarém e o S. Miguel, claramente a disputar a "descida", ainda que duas realidades e dois "presentes" distintos ... por razões "regionais" e "afectivas ... rivalidade" gostaria que o Santarém se mantivesse ...
Uma última nota ... sou adepto do Caldas Rugby Club ... e sportinguista (o meu club do coração no rugby, no entanto, é o CDUL) e este exercício resulta apenas da observação dos jogos a que assisti dos "Pelicanos" e dos comentários no MdM ... sempre elucidativos.
Considerem-nos como uma brincadeira por este "Nobre" desporto a que certamente todos devotamos a nossa paixão.

Anónimo disse...

Parece que os peixes voltaram a enganar-se e ainda bem!!

Já agora, como está o jogador da Agrária?? Que vai acontecer ao jogador do Sporting, ou o árbitro, mais uma vez, não viu nada ou nada escreveu??
Pois quem estava de fora viu e pergunta-se....que valores se andam a transmitir...

Anónimo disse...

Estive no Cnema e assisti ao jogo referido como o mais importante da jornada!!. O meu São Miguel perdeu, ponto final parágrafo. Gostava de endereçar os meus parabéns a todos os intervenientes. Gostava de te dizer que o facto mais importante do jogo, para mim, prendeu-se com a entrada, na segunda parte, do Professor Stilwel, jovem com 51 anos, sim é verdade 51 primaveras, que jogou e foi a alma daquele misto de veterania e jovens que, com uma garra que dá gosto ver, ganharam o jogo. Apesar dos teus, indiretos, incentivos, esta equipa do São Miguel, precisa urgentemente de ganhar alma, garra e sobretudo de acreditarem que podem ganhar jogos. Não me vou por a fazer futurologia sobre quem fica ou quem desce. O projeto do São Miguel tem pernas para andar e não é a classificação ao fim da primeira volta que o vai alterar. Abraço de um anónimo que como tu também gosta muito de rugby.

Anónimo disse...

Boa vitória do Sporting não pude assistir ao jogo mas a fazer fé nos número foi sem espinhas tal como eu esperava cautelosamente pois no rugby nunca se pode cantar vitória antes do jogo.
Dizer que o Sporting vai lutar pela manutenção até às últimas jornadas parece-me má fé para uma equipa bem consolidada no meio da tabela.

Ainda me lembro do nº 9 formação do Santarém ser gozado inclusivamente por colegas de equipa. Este ano já o vi encher o campo na derrota com Sporting e Agrária e ontem no jogo com o São Miguel resolveu repetir a gracinha. É a demonstração de que com os erros se aprende e que no rugby NINGUÉM precisa de nascer ensinado. Parabéns para ele e para o Santarém pela primeira vitória do ano. Estimo que o Santarém se mantenha na I Divisão.

Abraço leonino

Anónimo disse...

Muitos parabens ao Santarem pela vitoria ! Espero que de uma importante moral a toda a equipa pois nao deve ser facil passar pelas varias adversidades que tem tido nos ultimos dois anos . Apesar de nao gostar nada de jogar naquele campo ... descampado estou solidario com a falta de condicoes existente para puderem expor o seu rugby .

Abraco

jonas disse...

parabéns ao rcs pela primeira vitória no campeonato! os bulldogues nada de desanimar pois até ao final do campeonato ainda vai correr muita água... bem também o benfica a conseguir anular o rcl em casa num resultado que eu sinceramente não esperava! assim como não esperava uma vitória tão dilatada do scp acho que têm feito um campeonato bastante bem conseguido.

Anónimo disse...

Mais uma vez o Nonu das Caldas, Bernardo Gonçalves, a marcar e a mostrar que merecia uma chamada aos Lusitanos! 100kgs de puro poderio fisico e técncia apurada!!! atencao a este fenomenal atleta

Anónimo disse...

Parabéns Santarém! A luta continua!

Anónimo disse...

santarém igual a si mesmo: nos jogos cruciais não vacila. tenho para mim que este ano irão assegurar a manutenção novamente!

Anónimo disse...

a minha aposta na manutenção vai pó Santarém que este fim de semana deu um cheirinho daquilo que pode fazer! Agrária ou São Miguel na segunda.

Anónimo disse...

Os meus parabéns ao RC Santarém que de facto foi melhor equipa que nós. Mas não desistimos!

Força bulldogs!

Anónimo disse...

Parabens ao grande vencedor da jornada o Santarém que há tanto esperava por uma vitória.

Quanto ao meu Caldas teve uma tarde descansada frente a um Vitória bastante aquém dos seus melhores dias.

Muito bom resultado do Benfica numa casa dificil como a dos serranos.

Campeonato ao rubro.

Cumprimentos
João Maia

Anónimo disse...

Amigos de Coimbra, como está o homem que saiu mal tratado? Já vi aqui duas ou três pessoas a perguntar o mesmo mas ainda não vi nenhuma resposta. Esperemos que não seja nada de mais.

Anónimo disse...

Atenção a Fred ''a Cascavel'' Melim, demonstrando que o mau tempero vem acompanhado de muita consistência a nível de jogo. Apesar das tendências bipolares e das discussões constantes com um grande companheiro (por norma o mesmo), a Cascavel de Belém prova ser um grande lider e grande jogador.
Agora fora de brincadeiras, esperemos que melhore da sua lesão a tempo do seu campeonato europeu de ju jitsu

Anónimo disse...

Boa Noite, o jogador da equipa da agraria foi transferido do hospital de Santa Maria para o Hospital Universitário de Coimbra. Após intervenções da cirugia, foi ao bloco operatório de oftalmologia. Aguarda agora para ser intervencionado pela maxilofacial.
Esta a recuperar bem.
Desculpem-me o desabafo, mas não tenho palavras para qualificar o acto do "jogador"!
Como não tenho nada a esconder,
Ana Delgado (socorrista da equipa sénior da Agrária )

Anónimo disse...

o santarém foi o sortudo da jornada! dos jogos que vi (com o cré) bem mereciam! abraço e nunca desistam!

Anónimo disse...

grande rcs...quem tá vivo sempre aparece! que esta vitória galvanize a equipa e esta malta ainda tenha oportunidade de fazer uma ou duas surpresas é o meu desejo.

Anónimo disse...

Primeirona muito bem disputada...que espetaculo...

Frederico Melim disse...

Bernardo Gonçalves, repara como assino o que escrevo ;) devias agradecer o fâ da blogoesfera, infelizmente nao tenho sido eu...

Anónimo disse...

Ana Delgado, muito obrigado pelo seu esclarecimento e espero(esperamos) que nada de grave advenha para o jogador (a quem, desde já, desejo uma rápida e excelente recuperação).
Condeno, desde que tive conhecimento dos tristes acontecimentos, a acção do jogador "agressor", e que, exisitindo video, este seja entregue na FPR para eventual punição, pois, não são estes os exmplos com que cresci/crescemos no rugby. Existem pontos no corpo humanano que devem ser sempre priveligiados. A vista é sem dúvida um deles (não obstante, por vezes, meter-se os dedos)!
Como tal, indvertidamente ou não, considero que todo e qualquer jogador que ultrapasse algumas "regras" e ponha em causa a integridade fisíca de forma permanente ou não, deva ser fustigado, ou fora do campo ou dentro dele, por todos os jogadores de outros clubes.
Eu sou jogador de um outro clube que disputa o mesmo campeonato e digo que irei fazer a minha parte!

Mais uma vez, um forte abraço ao jogador, à Agrária e que recupere depressa!

Ass: um Jogador.

Anónimo disse...

parabéns à equipa do santarém que realmente soube estar à altura e não desperdiçar a oportunidade de fintar a lanterna vermelha.

Anónimo disse...

Afinal o RCS tem muitos simpatizantes! Ainda bem. Pensava que eram só os do Caldas e do São Miguel que vinham aqui puxar pelos seus clubes.

Anónimo disse...

De ano para ano, os adeptos portam-se pior! Que exemplos dao aos mais novos? É nas penalidades, é nas concretizaçoes, é nos ensaios..enfim, acabam a moralizar a equipa contraria, quer a jogar mais ou a fazer anti-jogo (sessoes de mocada). É uma trìsteza..

Anónimo disse...

Alguém pode contar o que aconteceu realmente? Pelos comentários parece que houve uma agressão e o jogador da agrária foi atingido no olho.

João Quintela disse...

Estarei a ver mal ou o anónimo das 09:22 está a pedir justiça pelas próprias mãos...
ao que chegamos!

Este não é o meu Rugby, tirem-me deste filme por favor!

Anónimo disse...

Lá o Santarém matou o borrego... Não era sem tempo! Merecidissimo! Força malta...

JJ disse...

Leonino das 18:34
Realmente dá gosto saber da evolução do Bernardo Mesquitella, tal como dizes no rugby todos têm a oportunidade de crescer. Lembro-me duma passagem sem grande sucesso na formação do meu GDD e fico contente por saber que evoluiu e ganhou lugar numa equipa da Primeirona.

Abraço
JJ

Anónimo disse...

o benfica ganhou nas pontas? mas ganhou o quê se o jogo terminou empatado...?

Anónimo disse...

Como amante do rugby há já vários anos, este ano já tive oportunidade de ver jogar todas as equipas da Primeirona.
Se as três primeiras classificadas Lousã, Caldas e Benfica ocupam esses lugares com todo o mérito, pois são as equipas com melhor rugby existente na Primeirona, já os três últimos classificados apresentam uma ordem que me surpreende. A Agrária é, das três, a que tem um rugby mais deficietário, algo que vem conseguindo disfarçar com um ponto aqui e outro ali, enquanto que Santarém com um rugby demasiado enrolado dada a mistura entre vets e jogadores com idade sub-23 e com a crónica falta de condições sai bastante prejudicado. O São Miguel, com um jogo ''durinho'' consegue apresentar um fio de jogo mais elevado do que o da Agrária. Não me espantaria que a classificação final destas três equipas ainda desse algumas cambalhotas...

Abraço e um obrigado ao Mão de Mestre por nos brindar com informação sempre actualizada.

Miguel Rodrigues

Anónimo disse...

Grande Frederico "Cascavel" Melim,

Tal como tu desconheço o autor das gracinhas, apesar de gostar da tua nova alcunha.
Apesar de achar mais apropriado "Merlinkinson".

Bernardo Gonçalves

Anónimo disse...

well done, santarém! agora é manter este rumo. estimo que vençam também o próximo jogo, frente a um setúbal bastante mais enfraquecido em relação ao ano passado.

cumps

Anónimo disse...

Apenas uma opinão de adepto (neste caso do Groundlink Caldas) o Setubal não está nada enfranquecido em relação ao ano passado. É uma equipa que sabe o que anda a fazer, tem um rugby organizado e um bom colectivo.
Em relação ao ano passado poderá parecer que não tem o mesmo fulgor devido á classificação mas isso acontece apenas porque o Groundlink Caldas está bastante melhor e o Loulé também.
Claramente a Agrária, o Santarem e o São Miguel não são do mesmo campeonato que o Setubal, este estará seguramente a disputar o quinto lugar, com a vantagem de jogar com Sporting e Loulé em Setubal.

O Santarem tem todas as condições para ficar em oitavo lugar, em minha opinião têm mais rugby e são mais equipa do que a Agrária mas não convem muito deslumbrarem-se e perder a noção das coisas, ganharam um jogo ao ultimo, ganhar ao Setubal é muito diferente.

Anónimo disse...

1. Groundforce Caldas

a melhor equipa desta divisão. se estivesse na Honra estaria a lutar por um lugar nos seis primeiros. tem vários jogadores que merecem estar na seleção. alguns deles como titulares. dirigentes muito bons. um excelente treinador. um projecto como nunca houve em Portugal. parabéns Caldas. parabéns groundforce.

2. Lousã

equipa que vale apenas pelo treinador e pelos dois jogadores que vieram da aac - pagos a peso de ouro - e irão ficar-se pela final ou meias-finais.

3. Sport Lisboa e Benfica

um grande clube. uma grande equipa. um grande treinador. podem chegar à final. tentaram passar despercebidos mas o empate na Lousã eleva-os a um estauto de favoritos. cuidado com o glorioso...

4. CR Évora

equipa habituada às fases finais mas não passará das meias. equipa muito forte em casa mas fora perde fulgor. têm tudo para ficar em 3º na 1ªfase.

5. Vitória de Setúbal

de longe a quinta melhor equipa desta divisão. vai com naturalidade atingir, uma vez mais, o play-off. não vai perdoar em casa com leões e algarvios.

6. Loulé

estarão no play-off. basta vencerem jogo com sporting em casa e garantem apuramento porque jogos com Agrária, São Miguel e Santarém vão dar vitória com ponto bónus.

7. sporting

vai ser o grande fiasco da segunda-volta. os próximos três jogos vão confirmar isso mesmo. esmagados pelo Grounforce Caldas e derrotas claras em Santarém e Setúbal. a maioria destes jogadores só joga em Lisboa e recusam-se a sair. Bruno de Carvalho vai ter muitas dores de cabeça... a descida não é uma miragem.

8. Agrária de Coimbra

equipa em clara ascensão treinada pelo selecionador nacional de sub-19 (!!!!). vão facilmente garantir manutenção no jogo com o santarém.

9. Santarém

equipa em dificuldades. vão ser esmagados este fim-de-semana pelo vitória e mesmo a vitória sem dificuldade sobre o sporting não evitrá disputarem a fase de descida.

10. Clube de Rugby São Miguel

a seguir ao Groundforce Caldas são claramente o melhor projecto desportivo. excelentes dirigentes e um excelente treinador. embora os resultados não traduzam a excelente qualidade da equipa, vão disputar a fase da descida e eliminar o sporting no eul.

Anónimo disse...

Mas esta corrente não acaba ? O São Miguel não vai eliminar o Sporting e o Sporting vai garantir facilmente a manutenção senão ficar nos 6 primeiros.

Deixem-se de propaganda, o São Miguel é o candidato a descer e se ganhar a alguém na segunda volta será ao Santarém quando já a sua descida estiver assegurada.

Filipe disse...

O Caldas se estivesse na DH estaria a bater-se pelos 6 primeiros? A Lousã só vale pelo treinador e pelos 2 que vieram da AAC?
Mas o Sr. Anónimo percebe alguma coisa de rugby para dizer isso?
Por acaso viu os 2 jogos que a Lousã fez contra o Caldas? A Lousã ganhou e ganhou bem! Jogaram em equipa, nada de individualidades!
Se nos últimos jogos se desleixaram um pouco isso é normal, às vezes acontece!
Mas no fim do campeonato logo vemos quem é que sobe de divisão!

Anónimo disse...

Nunca vi, tantos anos de rugby, um comentário tão idiota como este ultimo que analisa as equipas da primeira divisão. É óbvio que o seu autor não tem a mínima noção dos que diz, ou então não viu um único jogo desta divisão. Mas vou deixar que viv nessa ilusão que o s. Miguel é extraordinário, que o Sporting vai descer, que a lousa que empatou um jogo já não é favorita, etc. As contas fezem-se no fim

Anónimo disse...

Quando jogaram com o Caldas esta equipa tinha nada mais nada menos do 17 lesionados ou impedidos de jogar.

O Lousã tremeu no primeiro jogo com o Caldas e eles tinham 12 lesionados.

A jogar com Évora, Caldas e Benfica fora na Segunda Volta e com estas três equipas a crescerem, não sei muito sinceramente se não irá perder os três jogos fora.

A Lousã é desde o início uma equipa "mais feita", enquanto as outras, por diversas razões se estavam a construir ou a remodelar, com o andar do campeonato as outras três equipas evoluíram bastante enquanto o Lousã permaneceu quase igual.

Penso, o futuro dirá se tenho razão, que o Lousã irá ter grandes dificuldades em conseguir ganhar um jogo sequer dos três que irá ter com Évora, Benfica e Caldas.

Anónimo disse...

por acaso entre Loulé Agrária Santarém e São Miguel considero que o Santarém é a equipa com mais rugby, o problema é que é uma equipa bastante limitada a nível de jogadores.

cumps

Anónimo disse...

Estes senhores que dizem vezes sem conta que o São Miguel vai fazer com que o Sporting desça de divisão devem saber alguma coisa que nós todos não sabemos, é que olhando para as contas do campeonato e o mais provável só a "mão de deus" é que era capaz de criar um cenário em que o São Miguel esteja em posição de fazer com que o Sporting desça de Divisão!

Veremos oque se irá passar

Anónimo disse...

falando num nivel médio da Primeirona concordo com o anónimo das 17:38, o Santarém tem alguns jogadores interessantes lembro-me do 4,8,9 mas depois jogar com veteranos + putos sub 21 (com todo o respeito) acaba por haver um choque de gerações que impossibilita melhores resultados do que têm obtido. no entanto se continuarem na senda dos pontos bónus penso terem boas chances de assegurar a manutenção

Anónimo disse...

Tenho acompanhado todos estes posts e tenho de falar:
Para mim, os 6 candidatos à Final 4 são:
- Caldas;
- Lousã;
- CRE;
- Benfica;
- Sporting;
- Loulé/Vitória;
Candidatos a descer:
- Vitória/Loulé;
- Agrária;
- Santarém;
- São Miguel.

Claro que agora terá de se fazer contas aos jogos em casa e fora, quem irá mais vezes fora durante a 2.ª volta.

No entanto, e dos jogos que vi até agora da 1.ª volta (e vi pelo menos todas as equipas uma vez), não tenho dúvidas em afirmar que, do rugby jogado, e se não tiverem jogadores importantes lesionados quando chegar a altura de ser a doer, as seguintes equipas estarão na meia final:
- Caldas;
- Lousã;
- CRE e
- Benfica. Na meia final, irá-se ver quem os tem ou não!

Para a descida, os pontos bonus serão sem dúvida importantes, mas creio que existem duas equipas que estarão em linha para a 2.ª:
- São Miguel;
- Agrária (quanto a esta equipa, espero enganar-me).

Anónimo disse...

Aposto numa meia final Caldas vs Benfica e Lousa vs Evora e numa final Caldas vs Evora, quem ganha? Perguntem ao Polvo ou a Lula.

António Ferreira Marques disse...

Alguma precisão no que respeita ao "post" de Filipe das 15:44 h já parcialmente respondido pelo Anónimo das 17:22h, ainda que, na minha opinião, sem referir o essencial.
O Lousã ganhou os dois jogos frente ao Caldas Groundlink, ambos realizados na Lousã, e a que assisti:
1) No primeiro, para o Campeonato, tratou-se de um jogo mto equilibrado em que o Lousã apresentou mais "força" e que, a bem dizer foi resolvido - em termos de resultado final - por uma "má" opção de jogo, seguida de "erro" individual - aliás imediatamente assumido, na fase final da 1ª parte por parte do Caldas e de que resultou ensaio - de linha de ensaio a linha de ensaio, transformado, para o Lousã;
2) O segundo para a Taça, com uma 1ª parte novamente equilibrada, e uma 2ª parte totalmente Lousã; o Caldas alinhou com uma equipa mto jovem e de certa forma inexperiente, o que não tira, obviamente o mérito ao Lousã, mas explica de certa forma o desnível registado.
O rugby é um jogo que requer equipas com + de 30-35 jogadores, nem todos em forma e/ou disponíveis, e claro sem o mesmo "skills"/experiência e daí os resultados poderem variar.
Resulta que, como já observei, que quer o Lousã quer o Caldas, a par do Benfica e do CRE podedrem disputar o 1º lugar no final, sendo que o Lousão revela ser + consistente/experiente/"forte", enquanto o Caldas apresenta um rugby mais académico sustentado numa simbiose de jogadores com "skills"/experientes e jovens/"menos jovens" Caldenses todos oriundos do CRC, o que honra e prestigia o esforço, dedicação (e expectávelmente glória)da sua Direcção e demais colaboradores (Treinador, em primeiro lugar, mas não só) da última dezena de anos, nesta fase potenciada por um Projecto, empresarial sem dúvida, mas bem estruturado, dirigido e acompanhado.

Filipe disse...

Nunca disse que o Caldas é uma má equipa, aliás, aposto que a final do campeonato vai ser Lousã vs Caldas!
Agora, não me venham dizer que a Lousã é Treinador/Jogador + 2 ex-AAC + 12 jogadores, pq não é!
A Lousã é uma boa equipa e joga muito no coletivo!
E como disse anteriormente é normal que se possam ter desleixado um pouco nos últimos 2 jogos, porque viram-se sem o seu líder dentro de campo (o treinador/jogador tem estado lesionado) e pq vários atletas do XV inicial habitual têm treinado menos devido a lesões.
E se isso das lesões é um argumento válido para o Caldas também tem de ser para os outros.

Anónimo disse...

Bom Dia


Num campeonato, que é uma prova de regularidade, o único argumento indesmentível é a pontuação.

Pela diferença pontual pode-se afirmar que só uma muito má segunda volta farão o Lousã e Caldas não ficarem nos dois primeiros lugares e o Évora e Benfica nos dois lugares imediatamente abaixo.

Acredito que em condições normais serão estas as equipas a disputar a meia final, a partir daqui é especulação ou "feelings".

Uma coisa é certa este campeonato da Primeira Divisão está muito entusiasmante, e prova disso é os artigos sobre a Primeira Divisão serem sempre dos mais lidos aqui o MdM.

Que todos os clubes do Primeiro ao ultimo se dediquem nesta segunda volta a jogar Rugby, a continuar a evoluir e a continuar a proporcionar excelentes jogos de rugby.

Parabéns a todos.

Anónimo disse...

Bom dia,

Tenho lido vários comentarios aqui e queria desde já agradecer ao mdm o excelente trabalho que tem feito pelo rugby nacional, 2º dizer que esta primeira divisão está uma competição muito gira de se seguir, 3º dizer que os adeptos das equipas que tenham calma e sejam mais contidos e aqui me dirijo aos simpatizantes da Lousa em frases como: "A Lousa desleixou se um bocadinho nestes ultimos 2 jogos", peço vos para terem calma e serem mais humildes pois não têm o estatuto do Direito, Agronomia, Cdul etc...e nem os adeptos desses clubes mesmo podendo escrever esses comentarios não o costumam fazer. Conselho: Vão com calma curem as lesões e preparem se para os playoffs a doer, digo isto para as 6 equipas que se qualificarem para a final 6.

Um grande abraço a todos e bom ano.

Anónimo disse...

O Caldas vai limpar o campeonato sem espinhas. 2ªvolta vão ser 9 vitórias, todas elas com pontos de bónus. os meninos do sporting que se preparem pois estamos a treinar para chegar aos 100 pontos.

Anónimo disse...

Eu sou do S. Miguel e acredito que estes comentários do São Miguel vai eliminar o Sporting não vêm do clube ou então é alguém irrealista ou a gozar.

O S. Miguel tem 0 vitórias e conseguindo melhorar nunca irá conseguir mais 2-3 vitórias na 2ª volta. E até tem 2ª volta "mais facilitada" só com uma grande deslocação a Loulé. Isto (2-3 vitórias) já era muito bom… As outras equipas também melhoram.

O Sporting tem 5 vitórias e dificilmente perderia todos os jogos. Ou seja, não vejo o S. Miguel a chegar-se sequer perto do Sporting… o SMiguel não tem qualquer hipótese de chegar aos 6 primeiros na minha opinião. Porque mesmo que ganhasse a todos tirando Evora, Benfica, Caldas e Lousã, teria 5 vitórias. O Sporting ganharia sempre 1 jogo, fica na frente. O Loulé idem…

Isto é só um pensamento realista. Qualquer dia dizem que o Caldas e a Lousã vão perder todos os jogos…

Eu pensei que quem descia era o último classificado da fase regular e já não existia o play-off de descida.
MdM pode-nos esclarecer?

Manuel Cabral disse...

Anónimo das 13:12
O regulamento em vigor é o que está publicado aqui: http://www.clubesdiv1.maodemestre.com/p/regulamento-do-campeonato-nacional-da-1.html

Ao contrário da Divisão de Honra, o regulamento da 1ª Divisão é o que foi publicado pela FPR no início da época, e nele se acaba com o play-off da manutenção.
Assim, quem desce é o último da fase inicial.

Anónimo disse...

Ao anónimo das 09h42m não é com toda a certeza atleta do Groundlink Caldas, porque marcar muitos pontos nem sequer está definido como objectivo para esse jogo. Os objetivos passam por outras vertentes do jogo.

Compreendemos as "Guerras Psicológicas" e o acicatar de ânimos e o "Toca a Reunir" mas desculpem lá, como diz o outro aqui das Caldas "essa é uma cena que não nos assiste".