3 de outubro de 2013

VIAGEM GUIADA AO MUNDO DO RUGBY PORTUGUÊS

Concluímos esta semana uma longa série de entrevistas que realizámos com os clubes portugueses que participaram em competições na época de 2012-13, que nos deu uma visão mais clara do que se passa pelo nosso mundo de rugby, e pelos fantásticos entusiastas que o levam aos lugares mais improváveis, aos sítios menos esperados.

Conhecemos as dificuldades, as esperanças, as ambições e as desilusões sentidas por quem é responsável pelo real desenvolvimento e crescimento do rugby português, longe da ribalta, dos holofotes, longe das mais básicas necessidades desportivas, mas que mantém viva a chama de um desporto que nasceu diferente e quer continuar diferente.


Visitámos os nossos melhores clubes, e soubemos também das suas dificuldades, dos seus problemas e das suas ambições, fomos ao encontro de todos e tivemos a grata recompensa de termos sido atendidos e respeitados pela sua quase totalidade.

Como resultado dessa viagem publicámos 52 entrevistas, incluindo as realizadas com todos os clubes da Divisão de Honra e da 1ª Divisão, com todos menos dois dos que disputaram a 2ª Divisão, além de termos ainda viajado com a maior parte das equipas emergentes que existem um pouco por todo o lado.

A todos estes clubes agradecemos a colaboração, e terem aberto o livro das suas experiências para quantos nos visitam diariamente.

Esperamos ter contribuído para um melhor conhecimento mútuo, para uma melhor compreensão, para a união de todo sob a mesmo bola esquisita!

(Podem encontrar as 52 entrevistas no marcador Entrevistas, no fundo desta página, ou clicando aqui)

Foto: António Lamas

8 comentários:

PFM disse...

Manel! Fizeste um trabalho fantástico! Obrigado e Parabens! Abraço.
Pedro Fragoso Mendes

(Podia ter recorrido a vias privadas para te felicitar e agradecer, mas optei por publicitar a minha opinião porque acho que mereces reconhecimento público)

Anónimo disse...

Excelente iniciativa (mais uma) de um blog que é a referência informativa mais importante do rugby nacional, pois é feito com um profissionalismo que é raro entre nós. Aproveito para lamentar que, estando uma equipa portuguesa (ainda por cima, ao que julgo, sob a responsabilidade directa da FPR) a menos de uma semana de entrar na segunda mais importante competição europeia de clubes, nada se saiba (oficialmente, pelo menos) acerca dela (jogadores, técnicos, locais, horas e datas dos jogos em Lisboa, etc). Será estratégia para apanhar "desprevenidos" os cotados adversários?

Anónimo disse...

Caro MdM este Blog e uma das excelentes coisas que o Rugby Nacional tem. Sem duvida que o Rugby, no que diz respeito a troca de opinioes, nao seria o mesmo sem este Blog.
Tive ocasiao de agradecer o excelente trabalho, ou Viagem como lhe chama, pelos pequenos grandes clubes deste pais mas penso que todos os elogios sao poucos, pelo que uma vez mais lhe presto homenagem.
Sugiro-lhe, se me permite, um conjunto de entrevistas a treinadores, jogadores e dirigentes deste desporto para que possam partilhar connosco opinioes, historias e experiencias.

Pela alegria que ao final do dia sinto em ler este Blog, obrigado.

Anónimo disse...

Faço minhas as palavras do meu amigo Pedro Fragoso Mendes. Gostei imenso de ler todas as reportagens. O Manel teve o cuidado de fazer as mesmas perguntas para todos. Pequenos e grandes, se bem que aqui deixem que vos digo que grandes, quase diria enormes são os emergentes que nos fazem regressar às raízes de todos nós, de todos os clubes portugueses.
Parabéns Manel. Goste-se ou não se goste de ti, o teu profissionalismo na feitura do MdM deve levar-nos a meditar naquilo que todos nós podemos modificar para melhor no rugby.
José Redondo

Anónimo disse...

Gostaria de lhe enviar os meus sinceros parabéns pelo trabalho que desenvolve com o Mão de Mestre, sitio obrigatório para quem acompanha o rugby nacional. Não deixando de assinalar esse rol de entrevistas que nos deu a conhecer o rugby do nosso país e a conhecer projectos menos conhecidos. Da minha parte confesso que foi com algum espanto que recebi o convite para a entrevista, sendo o nosso clube ainda tão humilde. Apenas lhe posso dizer obrigada!
Lénia Pinto

Anónimo disse...

Caro MdM, foi uma excelente iniciativa, pois os clubes devem ter voz activa no Rugby Português, pois muitas das coisa que foram escritas eram desconhecidas mesmo dos praticantes da modalidade.
Foi a prova que os clubes estão a trabalhar bem, e que a FPR nunca os divulgou.
Parabéns por nos informar o que se passa em Portugal e o que os Clubes tem de bom.
Esperamos mais novidades deste nivel

Anónimo disse...

Bom trabalho!

Luis Sabido disse...

Manuel,

Mais uma vez muitos parabéns pelo excelente trabalho.