7 de março de 2016

PORTUGUESES EM DESTAQUE COM DUAS ESTRELAS NO MIDOL *

* Manuel Lopes
Luso-descendentes em destaque na Top-14 com a atribuição pelo Midy Olympique de duas estrelas a Samuel Marques e Mike Tadjer Barbosa.

Com duas estrelas também, Cristian Spachuck mostrou que idade não impede quem sabe de mostrar o seu valor, num fim de semana em que a Fédérale 1 esteve parada, recomeçando apenas no próximo dia 20.



TOP-14
Pau 19-12 Stade Français
Samuel Marques esteve em grande contra os campeões de França, marcou 11 dos pontos da sua equipa e foi recompensado com duas estrelas no Midol! O jovem Geoffray Moise não foi convocado.

Racing 38-13 Agen
Outro Lobo em destaque! Mike Tadjer mesmo com a derrota da sua equipa obteve também duas estrelas no Midol! No Racing o jovem Gomes Ssá não foi convocado.

Grenoble 12-45 Clermont
No Clermont Julien Bardy não foi convocado (lesionado).

PROD2

Bourgoin 23-7 Narbonne
Grande jogo do Lobo Christian Spachuk! Obteve duas estrelas no Midol e foi eleito na equipa da semana. O Fábio da Silva também foi titular. No Narbonne o capitão David Penalva não jogou (lesionado).

Aurillac 23-10 Bayonne
No Aurillac Anthony Alves entrou aos 68 minutos.

Colomiers 12-12 Mont de Marsan
No Colomiers o capitão Aurélien Beco foi titular.

Biarritz 20-10 Tarbes
No Biarritz Jean Sousa foi titular.

Carcassonne 26-38 Lyon
No Carca José Lima não foi convocado (lesionado).

Perpignan 47-13 Beziers
No Beziers Francisco Fernandes foi titular.

4 comentários:

Os Pequenos Lusos disse...

Grande Manel, desloquei-me com o meu filho a PAU para ver o jogo, entre este e o Stade Français. Ambiente monumental, apesar da chuvada o campo estava cheio.
Um conjunto de vedetas de um lado e de outro. Pascal Papé, Slimani, Flanquart e Jules Plisson, entre outros, do lado do Stade. No Pau as vedetas são o abertura Colin Slade e o Conrad Smith, neozelandeses, como sabes. Jogo intenso, terreno que se foi tornando dificil. Segundo o jornal La République, a surpresa no Pau chamou-se Samuel Marques, que poucos jogos tinha a titular, esta época. Árbitro o nosso conhecido Romain Poite. Não quero ser parcial mas o Samuel Marques fez uma jogatana, marcando 3 penalidades e transformando o ensaio, único do jogo e do Pau, que jogador. Quando foi subtituído aos 68 minutos, teve direito a uma tremenda ovação de todo o público de pé. Olha senti cá por dentro um orgulho por ele ser portugûes, mas também uma tristeza de não o ver jogar pela seleção. Neste aspeto não me quero alongar. Queria referir-te que, para mim, os homens do jogo, foram ele e do lado do Stade o Jules Plisson, está a jogar muito, esteve em todo o lado, mas a equipa não ajudou. Manel, que grande jogo, grande ambiente, sinto-me feliz por poder mostrar o que é o rugby, a sério, ao meu filho. Grande abraço para ti. Kiko Pimentel.

Leo Leo disse...

Como sempre, grande jogo de Mike Tadjer Barbosa e de Christian Spachuk. Fazem parte dos melhores na suas posições no TOP14 e na PRO D2.
O Samuel Marques demostra porque o grande Toulouse (um dos melhores palmares europeu) o contratou. Grande numero 9.

Será que veremos esses 3 jogadores contra a Rússia e a Espanha ?

Também queria ver jogar o Julien Bardy, Aurelien Beco, Jose Lima, Francisco Fernandes, Jean Sousa, Gomes Sá, Pedro Ávila Bettencourt... jogadores com experiência para lutar de igual para igual com os espanhóis e russos.

O que que pensem?
Eu queria recolher as vossas opiniões...

Obrigado

Claudio disse...

Boa noite,

Estou muito preocupado, imensamente preocupado com o que está a acontecer.

Estou convencido que os eleitos para sábado contra a Espanha (cuja a lista já se encontra no site da federação) vão, como sempre, dar o máximo. Mas no entanto, parece-me que estamos, pela estratégia escolhida, a tomar o risco de descida a segunda divisão e, pessoalmente, tenho dificuldades em medir as consequências que me parecem dramáticas. Muito mais, por exemplo, que uma saída dos residentes do HSBC tratando-se do 7.

Acho que esta situação do XV (fora da questão dos não convocados "franceses" que já estou aborrecido de abordar) até merecia convocar para os dois últimos jogos do torneio B Aderito Esteves, Carl Murray ou Gonçalo Foro ou seja jogadores emblemáticos capazes, pela singularidade, evitar o que parece inelutável. Prioridade ao XV deveria ser neste momento crucial.

Desde que sigo os Lobos, há mais de 10 anos agora, sempre conheci o XV na primeira divisão e, sinceramente, não estou nas preparado a essa ideai de descida.

Logo veremos...

Duarte disse...

Não me parece que o presidente da FPR esteja consciente do que acontecerá se descermos de divisão (perca brutal de patrocínios, possivelmente técnicos a irem-se embora porque não vai haver dinheiro para lhes pagar, equipas - Moldávia e Ucrânia - que não são tão fáceis como ele deve pensar, absoluto desinteresse do público, desmotivação dos jogadores, maiores dificuldades na captação).

A adenda com a convocatória à última hora do Vasco Uva - que se despediu da selecção no final da época passada - já revela desorientação.

Entretanto os espanhóis convocaram uma dezena de jogadores que actuam em França. Faltam alguns dos melhores, mas mesmo assim vão com avançados muito mais calejados que os nossos.