6 de maio de 2016

DIA DE FESTA NO EUL COM FINAIS DA PRIMEIRONA E D.H. EM ALTA

Sábado é dia de festa do rugby no Universitário de Lisboa, com quatro finais a serem disputadas, com especial e natural destaque para a da Divisão de Honra e a da 1ª Divisão, os dois principais níveis do rugby nacional.

De brinde, quem queira passar o dia no Estádio Engº Vasco Pinto de Magalhães, ainda pode assistir à final do sub-escalão senior e à Taça de Portugal de Sevens Femininos.

Além destes jogos decisivos o Estádio Universitário vai ainda ser alvo de duas outras manifestações que merecem a melhor atenção.
São elas a apresentação do Projecto Oh Gui, e um convívio de Rugby Juvenil da responsabilidade da Associação de Rugby do Sul.


Mas vamos por partes, para que todos saibam com o que podem contar a partir das 10,30 horas, nos diversos campos do EUL.

A essa hora começa a Taça de Portugal de Sevens Femininos, no campo 4, com a participação das equipas do Benfica, Sporting, Caldas, Cascais, Sport, Tondela, CRAV e Agrária de Coimbra, que se prolonga até às 17 horas, mas com a final a ser disputada no campo 2 do Estádio.

Também no campo 2, mas a partir das 14 horas, terá lugar a final do escalão sub-sénior, entre o Direito e o CDUP, enquanto a partir das 15 horas, mas no campo principal, se faz a apresentação do Projecto Oh Gui - uma iniciativa do Dramático de Cascais, encabeçada por Ana Rita Vasconcelos que procura agora a sua certificação junto da FPR e da World Rugby, e ao qual o Mão de Mestre sempre tem dado apoio - como aperitivo das duas finais principais do dia.

Enquanto a partir das 16 horas, no campo principal, se disputa a final da Primeirona com sotaque alentejano, entre as equipas de Évora e de Montemor, lá em baixo, no campo 7, pode assistir ao convívio do rugby juvenil organizado pela AR do Sul, como derradeiro aperitivo para a grande final da Divisão de Honra, que acontece a partir das 18 horas entre o CDUL e o Direito, num remaque dos últimos três anos.

Na verdade Direito tem dominado a cena rugbistica nacional, vencendo oito dos 15 campeonatos disputados este século, seguido de (muito) longe pelo CDUL e Belenenses, com dois títulos cada, e do Benfica, da Académica e de Agronomia, que levaram o troféu numa ocasião cada.

Curiosamente, desde 2006-2007 que o primeiro classificado da fase de apuramento não vence o campeonato, quando Agronomia derrotou o Direito por 15-8.

Depois disso, Agronomia tornou a ser a primeira da fase de apuramento por quatro vezes, mas só o Belenenses em 2007-2008, e depois o CDUL em 2011-2012 e em 2013-2014, quebraram o domínio dos advogados que venceram em todas as outras épocas - 2008-2009, 2009-2010, 2010-2011, 2012-2013 e 2014-2015.

Note-se que o Direito, apesar do domínio exercido, desde 2004-2005 que não termina a fase de apuramento na primeira posição, ou seja, parece controlar os acontecimentos na fase de apuramento, para atacar a fundo nos jogos decisivos.

Bom fim de semana!


1 comentário:

jorge rasteiro disse...

É pena a 2ª divisão não ter sido incluida nesta festa! É pena!