3 de março de 2012

RESULTADOS DO FIM DE SEMANA


Agradecemos o envio de informações sobre os jogos através da nossa caixa de comentários, através do e-mail mestrerugby@gmail.com ou através do telemóvel  961 152 968 (SMS)
Não esquecer de indicar os ensaios marcados.

Campeonato Nacional 2ª Divisão
FASE FINAL - APURADOS
Sul/Lisboa
Sáb, 3
FCT – LOULÉ
*40-33**
Campo de Rugby, Loulé
FASE FINAL – NÃO APURADOS
Centro/Norte
Sáb, 3
LOUSÃ B – TOMAR
*29-0
Estádio José Redondo, Lousã
Dom, 4
BRAGA – CRAV B
0-29*
Campo 25 Abril (Sint), Este, S.Pedro Braga
Campeonato Nacional Sub-16  -  FASE FINAL
1ª jornada
1º AO 4º
Sáb, 3
CASCAIS – AGRONOMIA
14-7*
Campo da Guia (Sint), Cascais
Sáb, 3
ACADÉMICA – DIREITO
12-22
Estádio Universitário, Coimbra
5º AO 8º
Sáb, 3
BELENENSES – CDUP
17,30 H
Estádio Nacional (Sint), Jamor
Dom, 4
CDUL – SANTARÉM
*94-0
Estádio Universitário (Sint), Lisboa
9º AO 12º
Sáb, 3
ÉVORA – ST. JULIANS
12-52*
CM. Cunha Rivara (Sint), Arraiolos
Sáb, 3
TÉCNICO – LOUSÃ
*26-7
Campo das Olaias, Lisboa
Campeonato Nacional Sub-18  -  FASE FINAL
1ª jornada
1º AO 4º
Sáb, 3
DIREITO – CDUP
15-5
Campo de Monsanto, Lisboa
Sáb, 3
ACADÉMICA – CASCAIS
*44-0
Estádio Universitário, Coimbra
5º AO 8º
Sáb, 3
BELENENSES – ÉVORA
20-10
Estádio Nacional (Sint), Jamor
Sáb, 3
CDUL – TÉCNICO
*14-19
Estádio Universitário, Lisboa
9º AO 12º
Dom, 4
AGRONOMIA – SANTARÉM
*25-14
Campo da Tapada, Lisboa
Sáb, 3
MONTEMOR – PRAZER JOGAR
*V-FC
Parque Desportivo (Sint), Montemor

52 comentários:

miguel rodrigues disse...

U18
CDUL 14 (2 ensaios) - Técnico 19 (3 ensaios), ao intervalo 0-19.
Abraço

Anónimo disse...

O prazer de jogar desistiu???

Anónimo disse...

Caro Mão de Mestre, a tabela da Segundona Lisboa Sul tem um erro, o São Miguel Oeiras ficou 3 -12

Luis

Manuel Cabral disse...

Obrigado, já está corrigido - finalmente a FPR parece que acertou com o resultado...

Anónimo disse...

Neste caso acredite que foi erro do árbitro..

Anónimo disse...

jogo adiado!

Anónimo disse...

era uma situaçao grave que estava para ser resolvida... agora continua a ser grave os arbitros por exemplo continuarem a fechar os olhos ao que se passa na lousa sempre que joga em casa a equipa B: 10 dos 15 jogadores de campo sao da equipa A como aconteceu mais uma vez este fds. Chegando ao cumulo de em dias em que jogam as duas equipas haverem jogadores que jogam pela A e depois pela B. Suponho que seja por medo do Sr Beirao.

Anónimo disse...

Mentir é feio e desconhecer os regulamentos ainda pipr

Anónimo disse...

Concordo completamente com o último comentário! Hoje se a equipa tomarense tivesse enfrentado a verdadeira equipa B da Lousã, muito provavelmente o resultado no mínimo não seria tão desnivelado.. cumprimentos e continuem a apoiar e a seguir o rugby português!

Anónimo disse...

Que eu saiba todos os atletas inscritos pelos seniores dum clube tanto podem jogar numa equipa como na outra. Nao há atletas AA nem atletas BB. Alem disso penso que um atleta pode jogar até 100 minutos pelas duas equipas no mesmo fim de semana.

Anónimo disse...

quem controla isso ? tem havido constantes abusos por parte de equipas B, isto tá mais que discutido, se as equipas não tem o bom senso de gerir uma equipa B com verdade desportiva já toda a gente percebeu que a coisa não vai mudar..

Anónimo disse...

mas se tem jogadores suficientes para formar uma equipa A e uma equipa B, para quê estar a colocar jogadores da equipa A na equipa B.. se for o contrário ainda se compreende porque é uma promoção de um jogador, um prémio pelo seu trabalho.. agora colocar jogadores da equipa A a jogarem pela B só para não perderem o jogo, é uma manobra que apenas serve para desvirtuar o campeonato..

Pedro M.

Anónimo disse...

Antes do início da época os clubes deveriam indicar uns 22 a 25 jogadores como sendo da equipa A. Esses nunca poderiam jogar pela equipa B.

Os da equipa B poderiam ser chamados a jogar pela A, mas depois de alguns (3? 5?) jogos pela A não poderiam voltar, nessa época, à equipa B.

Pedro S. Martins

Anónimo disse...

Mais outro que não sabe que os resultados da B não interessam na classificação final exactamente para que as equipas que jogam contra equipas BB não possam ser prejudicadas. Se a Lousã apresentou a equipa Reforçada tanto melhor para o Tomar que fez um jogo treino de melhor qualidade. É ou não verdade que todos os clubes querem ter oportunidade de JogaOmar quando em vez com equipas de escalão superior?

Anónimo disse...

veja-se como o Loulé não consegue ganhar quando p arbitro não é local. até na página de facebook deles quase que protestam por não ser um dos arbitros locais. isto não desvirtua o campeonato?

Anónimo disse...

Uma vergonha o que se passou nos escalões de sub 16 e sub 18. Os jogos de apuramento de campeão com um trio de arbritagem e os de apuramento do 5º ao 8º lugar sem direito a sequer um!!!!???? Mas andamos a brincar ao rugby ou quê? Que mandem os arbritos mais cotados para os jogos de apuramento de campeão sem dúvida que faz sentido, agora mandem os restantes para os outros jogos!!! Que vergonha.

Anónimo disse...

Quem se refere a que as inscrições deviam ser tantas para a equipa A e outras diferentes para a equipa B e que os da A só podiam fazer 3 ou 5 jogos pela B, está a confundir o R G das competições com o Regulamento dos Clubes Satélites. Esses sim, são 2 clubes distintos que se unem para disputar uma determinada competição

Anónimo disse...

E nos clubes satélites os jogadores do club dito principal só podem jogar 5 vezes.

Anónimo disse...

não contam para nada não é bem assim ! os pontos sao ganhos e perdidos na mesma.

Anónimo disse...

As equipas B não podem passar a 1fase da qualificação...por isso podem jogar com os jogadores disponíveis...A ou B...estamos a falar do grupo não apurados não se ganha nada...a presença de equipas B permite ter mais equipas no campeonato para além de as equipas defrontarem por vezes equipas que lhes colocam mais dificuldades que obrigam a evoluir...é só vantagens....deixem de ser piegas "Passos Coelho" e joguem rugby....meninos...
Hcc

Anónimo disse...

a questão não é essa, a questão acaba sempre por consistir nos pontos.. são pontos perdidos ou pontos ganho que podem influenciar a classificação final da 1ªfase e da fase final de, neste caso, não-apurados..

Pedro M.

Anónimo disse...

Anónimo das 3.33. Os jogos das equipas BB não contam para a clássficação. Ou seja, é como se esse clube tivesse sido desclassificado. Por isso nenhum clube que tenha perdido com essas equipas sai prejudicado nem beneficiado

Anónimo disse...

Pode sair prejudicado se por exemplo em fim de semana de folga da equipa A a equipa B surgir no seu jogo com vários jogadores da A e no fim de semana a seguir a equipa B contra outra equipa surgir só com jogadores da sua equipa e sem nenhum reforço da equipa A. como é evidente a equipa que enfrenta uma equipa B reforçada por jogadores da A tem muito menos hipóteses de vencer esse jogo do que uma equipa que enfrente a equipa B sem nenhum reforço da equipa A..

Pedro M.

Anónimo disse...

Não estou a confundir nada. O que escrevi era uma sugestão de alteração, não era uma descrição da situação regulamenar actual.
E sugeri, entre outras coisas, que os da B só poderiam fazer 3 ou 5 jogos pela A, antes de ficarem exclusivamente afectos à equipa A. Não sugeri aquilo que escreveu e que é muito diferente.

Aliás sugiro algo semelhante para os sub18 e sub16.

Anónimo disse...

Os resultados da B não interessam para a classificação final?! Então as equipas não se apuram para a segunda fase de acordo com os resultados da primera fase, incluindo os dos jogos contra equipas B?

Anónimo disse...

Pedro. Claro que tem toda a razão, mas o comentário anterior responde à sua correcta observação. Os jogos efectuados contra equipas BB é como se essas equipas fossem desclassificadas no final, ou sejam não interferem na classificação. Isso erai assim há meia dúzia de épocas atrás o que originou injustiças. Quem dera que todos os clubes tivessem equipas BB. Já viu quantos jogos fariam os novos clubes a mais. E o que todos precisamos é de competição.

Anónimo disse...

O pedro está correto. Se uma equipa perde com uma equipa b, e a outra ganha esta vitoria e derrota contam para a classificação final. o que nao conta e a classificação da equipa b, que se ficar em segundo, nao passa a fase seguinte, passando a terceira classificada. o risco esta no facto de uma derrota contra uma equipa b reforçada por jogadores da a e um vitoria contra esta equipa sem esses jogadores podem influenciar a classificação na medida em que os pontos da vitorio e perdidos pela derrota contam para a classificação final

Anónimo disse...

Que as equipas B não podem ser apuradas, na 2ª fase, para os grupos que vão dicutir a subida todos sabem.

A dúvida está nisto: as equipas apuram-se para a segunda fase de acordo com TODOS os resultados da primera fase, incluindo os dos jogos contra equipas B?

Segundo o regulamento da II divisão, sim. Segundo alguns dos comentadores, não. Parece-me que esses comentadores estão mal informados. Ou então houve alguma decisão que alterou o regulamento. Se houve alteração, onde é que se pode ler essa decisão?

Claro que seria muito bom que todos os clubes tivessem equipas B, mas isso não tem nada a ver com o que está a ser discutido. Ninguém quer impedir a participação de equipas B.

Anónimo disse...

Como é óbvio deve-se apoiar a criação das equipas B por parte dos clubes que tenham jogadores excedentários no plantel principal ou para ajudar na transição dos jogadores vindos dos escalões mais jovens. Mas a questão principal, está nesse desvirtuamento da classificação que deriva desses pontos perdidos ou pontos ganhos frente às equipas B.. E sim, os pontos ganhos contra as equipas B contam para a classificação tanto na primeira fase como na segunda fase da competição..

Pedro M.

Anónimo disse...

Só uma dúvida nos quadros de resultados que são aqui representados. O que significam o asterisco? Obrigado.

Manuel Cabral disse...

Significam a atribuição de pontos de bónus.

Anónimo disse...

Tenho quase a certeza que os resultados contra as equipas BB não interferem na classificação porque no final é como de as equipas BB não tivessem participado, ou seja é como se estas equipas tivessem sido desclassificadas. É assim que eu faço a leitura do regulamento, ou pelo menos do que foi acordado entre clubes salvo erro à duas épocas. Por ultimo os meus parabéns pela forma elevada como estamos a discutir este tema.

Anónimo disse...

Aprovado em reunião de Direcção da FPR de 8 Setembro 2011

REGULAMENTO DO CAMPEONATO NACIONAL 2ª DIVISÃO 2011-2012
I - SISTEMA DE DISPUTA
Artigo 1º
O Campeonato Nacional da II Divisão será disputado por 4 Grupos Regionais.
Artigo 2º
Serão apurados para a 2ª fase os 2 primeiros classificados de cada grupo.
Artigo 3º
As equipas B não poderão aceder à 2ª fase - Apurados, mesmo que para tal tenham
obtido o respectivo direito, sendo substituídas pela equipa classificada imediatamente a
seguir.

Não há mais nenhuma referência neste regulamento (nem no da época anterior) às equipas B, pelo que a sua interpretação não pode estar correcta. Se houve um acordo entre clubes e esse acordo ainda vigora, onde é que isso se pode ler?

Anónimo disse...

as equipas B apenas não podem subir de divisão nem integrar a fase final de luta pelo apuramento. Mas todos os pontos ganhos ou perdidos contra equipas B na primeira fase do campeonato contam para essa luta por um dos dois lugares na fase final de apuramento..

Pedro M.

Anónimo disse...

Mude se . Os jogos da equipas b não trem pontuação passam a ser jogos de treino

Anónimo disse...

Meus caros...
Perante o RGC é possivél qualquer jogador inscrito na FPR jogar pelo seu clube nem que seja na equipa c ou d. Não há justiças nem injustiças é assim...

Anónimo disse...

Jogos treino, não. É importante que os jogos sejam a sério.
O clube deveria ter que indicar um mínimo de 25 jogadores como sendo da equipa A. E esses nunca poderiam jogar pela equipa B.
Os da equipa B poderiam jogar pela A, mas ao fim de 5 jogos pela A já não poderiam voltar a jogar na B.

Anónimo disse...

Sub-16: CDUL 94 - 0 Santarém

Anónimo disse...

Boa noite Sr Mão de Mestre

Gostava de saber a sua opinião sobre a Final four dos Sub 16 e Sub 18.
Porque é que são os árbitros que apitam normalmente a honra, estão apitar estes jogos agora ?
Como estão-se a sentir os árbitros que apitaram a fase de apuramento e agora estão afastados destes jogos.
Sera que eles vão apitar a Final four da honra ?

Anónimo disse...

O regulamento dos clubes satélite é outro problema, maior ainda que o das equipas B.

Enquanto os clubes sede e os clubes satélite se portarem com sensatez, não há grande mal.

Mas o regulamento permite isto: um clube da DH tem como satélite um clube da II divisão; o clube da II divisão vai à final que decide quem sobe à I divisão; o clube sede cede-lhe 5 dos seus melhores jogadores para esse jogo. O mesmo pode acontecer numa meia-final, etc.

Pode ser que isto nunca aconteçsa, mas se um dia acontecer vamos ter uma série de problemas facilmente evitáveis se o regulamento fosse outro.

Manuel Cabral disse...

Sinceramente não vejo nisso qualquer mal - antes pelo contrário, acho que pode ajudar a que estas competições sejam disputadas da melhor forma, e tendo em consideração o equilíbrio que se regista, quanto melhores os árbitros, melhor para o jogo!
Quanto aos ábritros que durante a primeira fase apitaram estes escalões, creio que é natural serem agora preteridos pelos mais qualificados.
Afinal, num fim de semana em que os jogos mais importantes são precisamente estes, é natural que os melhores árbitros se façam presentes.
Quanto aos árbitros menos qualificados - e isso não representa nenhuma desqualificação - eles devem tentar melhorar e subir na hierarquia dos árbitros.
Passa-se o mesmo com os jogadores, por exemplo das melhores equipas da Divisão de Honra. enquanto os internacionais do clube estiveram integrados nos trabalhos da seleção nacional, foram substituídos por jogadores menos qualificados, mas agora, quando chegar a fase final, com os internacionais libertos dos seus compromissos com a seleção, é natural que vão ocupar os lugares no XV inicial, deixando os seus companheiros no banco...
Em resumo, na minha opinião a chamada dos melhores árbitros, com equipas de arbitragem completas deve ser encarada positivamente.

Anónimo disse...

Tambem vi o comentario , mas o comentario não era isso , era o facto que os arbitros de local não são permitidos a fiscalizar os jogos no loulé , mas sim quando jogarem contra clubes de lisboa os arbitros são sempre de lisboa , seja fora seja em casa , esta e devido as queixas levantadas pelas clubes visitantes a Loulé , quem tem dificulidade ganhar ali . Mas este difiiculidade provavelmente e por causa de grand deslocação os clubes tem de fazer um ou duas vezes por epoca a Loulé , uma deslocação tudos as equipas de referente clube tem de fazer jogo sim , jogo não .

Anónimo disse...

Concordo consigo a 100%...contudo acho ridiculo que nao sejam nomeados arbritos para alguns dos jogos

Anónimo disse...

Além de que há clubes sem expressão no panorama rugbístico que apresentam clubes-satélite ( suponho que há um que tem dois ).
Para efeitos eleitorais estes clubes ficam com mais votos que os maiores clubes que têm a seu cargo a formação de várias centenas de jovens jogadores.
As várias vertentes ficam distorcidas com os tais satélites.

Anónimo disse...

Que se saiba o Club satélite não pode subir de divisão e nem sei se pode ir a uma fase final

Anónimo disse...

É de muito mau tom na minha opiniao falar sobre esse assunto da maneira que o referiu "nao consegue ganhar,quando o arbitro nao é local" isso nao é um facto ja que vi aqui que a sua equipa (penso que seja para estar a dialogar assim) empatou em casa, eu por acaso tambem vi esse comentário, mas verdade seja dita, teria sido mais justo nao ser nem um arbitro de Lisboa nem um de Loulé,falam do arbitro de lá , mas nao reclamou por o arbitro ser de Lisboa, porque o resultado vai dar ao mesmo. Enfim, ainda á muito jogo pela frente e veremos se será o arbitro ou mesmo a equipa do Loulé que é muito boa! Na minha opiniao será o famalicao , Agrária,Oeiras e Loulé a passar para a proxima fase! Cumprimentos

João Quintela disse...

O regulamento é claro; os clubes satélite podem subir de divisão, excepto para a divisão onde milita o "Clube sede"

Anónimo disse...

Claro que pode subir (desde que não seja para a divisão onde está o clube sede; foi por isso que o exemplo que dei era com o clube sede na DH e o satélite na II divisão, a lutar pela subida à I divisão) e claro que pode ir a uma fase final.

Leia o regulamento, por favor.

Anónimo disse...

Resposta ao Anónimo que não deve saber ler nem interpretar Português. Aqui vai uma pequena explicação, até poderia fazer-lhe um desenho para melhor entender caro Anónimo. A questão é a seguinte: alguns clubes de Lisboa manifestaram-se junto da FPR para que nenhum árbitro do Algarve apite os jogos do RC Loulé. E nesta época 2011/2012 só por uma vez tivemos um jogo apitado por um árbitro que vive no Algarve. Assim sendo, a FPR deveria também ter a mesma regra quando jogamos contra equipas do distrito de Lisboa, o de não nomear árbitros de Lisboa quer jogamos em casa quer fora. Com estas atitudes da FPR leva-me a fazer a seguinte questão. Será que os árbitros de Lisboa são isentos e os Algarvios não o são?
Paulo Nogueira (RC Loulé)

Anónimo disse...

o CRT o ano passado foi campeão da 2ª divisão e era satelite do Tecnico da DH. acho que naõ subiu porque nao quis. este ano em vez de CRT passou a Tecnico B e nao pode passar a 2ª fase

João Quintela disse...

O regulamento diz claramente;
3. Nenhum jogador disputará qualquer jogo, ainda que de escalões etários
diferentes, com um intervalo de tempo inferior a 40 horas, exceptuando-se
os jogos inserido em Torneio de Sevens ou de Rugby de Praia (beach
rugby), bem como os jogos inseridos em Torneios cuja duração seja de um
ou dois dias.

Manuel Cabral disse...

Também concordo, mas será que isso não tem a ver com a marcação mais que tardia dos jogos, pelos clubes?
Por exemplo, na semana passada os jogos dos grupos do 5º ao 8º foram marcados muito tarde - de tal forma que nós não conseguimos informar essas marcações em tempo útil.
Mas concordo que deveria ser feito um esforço para ter árbitros em todos os jogos, e acredito também que a Comissão de Arbitragem tem feito, nesse aspeto, um trabalho razoável, e a maior parte dos jogos oficiais tem tido árbitros nomeados.