25 de abril de 2016

APURADOS SEMI-FINALISTAS DA DIVISÃO DE HONRA E DA PRIMEIRONA

Enquanto na Divisão de Honra o Cascais e o Técnico garantiram que vão defrontar o CDUL e o Direito nas meias finais da competição, na Primeirona foram o Santarém e o Benfica que asseguraram um lugar frente ao Évora e ao Montemor, na mesma fase da prova.

O Técnico bateu Agronomia no play off por 9-6 no prolongamento, já que no termo dos 80 minutos o resultado indicava um empate a seis pontos, enquanto o Cascais derrotou o Belenenses por 33-25 confirmando a tabela classificativa da fase de apuramento.


Recorde-se que esta é a terceira meia final disputada pelos engenheiros desde que a Divisão de Honra foi aumentada de oito para 10 participantes, tendo sido derrotados nesta fase da prova em 2013-2014 pelo CDUL, e no ano passado pelo Direito.
Curioso também o facto do Técnico ter sido o grande beneficiado do alargamento, já que em 2011-2012 foi oitavo e último classificado da tabela, condenado por isso ao rebaixamento, que só não aconteceu precisamente pela transformação sofrida na Divisão.

O Cascais, que foi promovido à Divisão de Honra no ano do alargamento, teve acesso ao play off pela primeira vez no ano passado, mas não conseguiu chegar às meias finais, derrotado por Agronomia na pré-eliminatória.
Esta será portanto a primeira meia final dos cascalenses na era das 10 equipas na Divisão de Honra.


NA PRIMEIRONA SANTARÉM E BENFICA GARANTEM MEIAS FINAIS
Vitórias difíceis de Santarém sobre o São Miguel por 23-19 e do Benfica sobre o Vitória de Setúbal por 27-26, dão uma ideia da evolução que a divisão num todo sofreu nos últimos anos, ultrapassando os problemas criados com a chegada de mais quatro equipas e o alargamento das antigas 14 para as actuais 18 etapas só na fase de apuramento.

Como seria interessante que antes de qualquer alteração ao formato das competições fosse tido em conta a juventude  do sistema e o tempo que é necessário para absorver os impactos duma medida de alargamento...

O Santarém, que chegou à 1ª Divisão ainda no tempo das oito equipas (2011-2012) vai disputar a sua segunda meia final, depois de ter sido batido nesta fase da prova pela Lousã no ano passado.

E o Benfica, rebaixado da Divisão de Honra em 2012-2013, vai estar na sua terceira meia final, depois de vencido em 2013-2014 pela Lousã, e no ano passado pelo Évora.

O Montemor, que regressou à Primeirona esta época depois de dois anos na Divisão de Honra, ainda não tinha participado na divisão com 10 equipas, mas deu-se bem e com o primeiro lugar na fase de apuramento assegurou desde logo a sua primeira meia final na competição, e o Évora é semi finalista pela terceira vez.


1 comentário:

Antonio Esteves disse...

Mas o alargamento serviu para melhorar ou piorar a qualidade ? A ver pelos resultados das seleções nacionais acho que temos caminhado a passos largos para piores jogadores e campeonato na minha modesta opinião.

Hoje ser treinador ou jogador do CDUL ou GDd mesmo sendo mau arrisca a ganhar campeonatos tal a ausência de competitividade e de oposição, gostaria de ver os mesmos em cenários diferentes para podermos avaliar o real valor dessas equipas como de quem as lidera ,

Olhando para a nossa representação máxima dá para tirar algumas conclusões.